Astrologia: 2ª e 8ª Casas. E o assunto é… DINHEIRO!!!


Mais um post da colaboradora e amiga do Salotto, Luciene Felix Lamy e o Astrologia: 2ª e 8ª Casas. E o assunto é… DINHEIRO!!!

__________________

Dinheiro, denarius, cascaios, dracmas, copeques, grana, bufunfa, money. Para ilustrar o tema desse Post, trazemos o maior símbolo de riqueza: o Touro!

touro

E por que o Touro simboliza riqueza? Porque, desde os primórdios, esse belo e robusto animal está associado à luta, à força, à sobrevivência e ao poder sobre os demais. E de onde vem esse “poder”?

Dos recursos que o Touro (e sua consorte, a vaca) dispõe. Da saciedade da fome (carnes, leite, queijos, manteiga, etc.), da posse de vestes e calçados (e demais acessórios, tais como botões, bolsas, cintos, chapéus, etc.), da força física do animal quando ele é utilizado de forma instrumental para cultivo da lavoura e ainda mais: da solidez e da segurança que a posse dele representa.

E o dinheiro? O que é, qual sua origem?

Dinheiro nada mais é que recursos, por isso o Touro (e seus inúmeros recursos) como símbolo primevo. Sua origem remonta ao sagrado. Na mediação de nosso contato com o divino (theós), oferecemos o que nos é de mais “caro” (valoroso!). No limite, dizemos: “Minha vida, entrego a Deus”. Ou ainda: “Que Deus cuide de meus filhos.”.

Quando se queria agradar, rogar por algo ou simplesmente demonstrar gratidão a uma divindade sacrificava-se um… Touro. Micenas, Creta e muitas outras civilizações cultuavam o Touro. O mito que versa sobre a questão da posse é a do rei Minos e seu famoso Minotauro, uma aberração que explicita a ganância desse rei.

Sintetizando: Riqueza é recurso, recurso é dinheiro e dinheiro é sagrado! E não é que a gente olha os endinheirados como que buscando o que é que eles têm para terem sido tão abençoadamente afortunados? Ah, esqueçam! Pluto (olá, Escorpião!), o deus da Riqueza é cego, não olha a quem distribui suas dádivas.

Sobre como a Riqueza é distribuída entre os homens, vale a pena conferir a premiada obra do comediógrafo grego Aristófanes intitulada: “Pluto – A quem a Riqueza acompanha?”, disponível (em duas partes) em meu Blog. É curioso como, sobre dinheiro, não há nada de novo sobre a terra, pois essa obra é de 446 a.C. e, atualíssima, é de morrer de rir!

Mas, já falamos do símbolo do dinheiro, que é o Touro, de sua sacra ancestralidade, do mito e até da impagável comédia grega. Vamos aos astros!

Taurus

Do ponto de vista astrológico, o planeta Vênus (regente dos signos de Touro e de Libra), que na mitologia romana é Afrodite, é a deusa do amor e da beleza. E, sim! A beleza é um recurso cujo valor é indiscutível. E o Amor... Bem, o Amor é o que há de mais precioso na vida.

Do ponto de vista astrológico, o planeta Vênus (regente dos signos de Touro e de Libra), que na mitologia romana é Afrodite, é a deusa do amor e da beleza. E, sim! A beleza é um recurso cujo valor é indiscutível. E o Amor… Bem, o Amor é o que há de mais precioso na vida.

 Sabemos que, dinheiro, sexo e morte são temas “tabus” e todos esses assuntos estão ligados às 2ª e à 8ª Casa, análogos aos signos de Touro e de Escorpião, respectivamente.


Sabemos que, dinheiro, sexo e morte são temas “tabus” e todos esses assuntos estão ligados às 2ª e à 8ª Casa, análogos aos signos de Touro e de Escorpião, respectivamente.

 Aqui, temos os signos de Touro e Virgem no interior da Duomo de Milão.

Aqui, temos os signos de Touro e Virgem no interior da Duomo de Milão.

Segundo as astrólogas norte-americanas, Marion D. March e Joan McEvers, A 2ª Casa mostra as questões financeiras, as posses (exceto imóveis), os investimentos, a capacidade de ganhar dinheiro, e qualquer lucro ou perda através dos seus próprios esforços. Indica os seus talentos e recursos interiores, a sua necessidade de realização, seus sentimentos emocionais, seu senso de autodignidade e de valores. Como muitas pessoas creditam que liberdade é, em grande parte, uma questão de dinheiro, esta é a Casa da liberdade pessoal. Também é a Casa das dívidas materiais.

E, aqui, os signos de Peixes e Escorpião no interior da Duomo de Palermo.

E, aqui, os signos de Peixes e Escorpião no interior da Duomo de Palermo.

Já a 8ª Casa mostra o apoio que você recebe dos outros, tanto financeiro, quanto moral, espiritual ou físico. Envolve as heranças, custódias, os testamentos, os impostos, os assuntos de seguro, assim como os segredos, o sexo, a regeneração espiritual e física, o renascimento psicológico, a degeneração e a morte. A oitava Casa também mostra as questões ocultas, o sono, a pesquisa profunda, a investigação e os capitais ocultos. Também inclui o capital dos sócios e as pensões. É a Casa da cirurgia e, juntamente com a sexta, mostra tipos de doença.

Agora, vamos dar uma rápida conferida no que as americanas dizem sobre os signos nas cúspides (inícios) das 2ª (valores, posses, questões financeiras, poder de ganho, talentos e recursos) e 8ª Casas (apoio dos outros, sexo, legados e heranças, impostos, temas místicos, conclusões, regeneração) revelam sobre nós:

ÁRIES na 2ª Casa – Se tiver Peixes como Ascendente, os talentos e recursos interiores são importantes para você, mas com Áries na cúspide da 2ª Casa pode ser que você não tenha paciência suficiente para cuidar bem das suas posses, e pode acabar tendo problemas financeiros. É possível que tenha muitas ideias boas e novas para ganhar dinheiro. Se Marte estiver num signo estável, vai aprender a fazer um bom planejamento e a cumpri-lo parcialmente. Você é impulsivo e precisa aprender a se tornar um pouco conservador em matéria de dinheiro, pois as posses materiais são importantes para você e lhe proporcionam segurança interna até ser capaz de usar os outros recursos indicados pelo horóscopo.

TOURO na 2ª Casa – Essa é a posição natural de Touro; a menos que Vênus esteja muito pressionado, todos os assuntos da 2ª Casa fluem bastante bem. Com Áries em elevação, Touro na 2ª Casa é exatamente do que você precisa para se preparar para as situações e manter-se num rumo, principalmente na área financeira e de lucros. Com o ímpeto de Áries, é possível que você consiga um bom padrão de vida. Touro adora o luxo; as posses são importantes para o seu bem-estar geral. Você sempre sabe de algum bom negócio, porque tem tino comercial e dá uma abordagem muito prática aos recursos. Com um Vênus estável, você consegue conservar o que é seu, pois sua atitude em relação aos assuntos da 2ª Casa é “pé-no-chão” e muito prático. Quando Peixes está em elevação, suas metas podem ser mais idealistas, mas a menos que Vênus esteja muito fraco no mapa, o desejo de obter estabilidade financeira é mais forte. Este posicionamento também pode indicar que você tem uma bela voz.

GÊMEOS na 2ª Casa – As flutuações financeiras o assustam; entretanto, como você tem muitos expedientes em matéria de ganhar dinheiro, é possível que tenha dois empregos simultâneos e dificilmente fica a zero. Com Áries ou Gêmeos no Ascendente, você é um bom vendedor, principalmente em relação a si mesmo, e pode se sair bem no campo político. Se Mercúrio estiver mal colocado, é possível que você se disperse demasiadamente, na tentativa de operar em várias áreas ao mesmo tempo – em especial as áreas artísticas, literária, de transportes ou comunicações. Quando Touro se eleva, a sua situação financeira é mais segura, mas você tem dificuldade em encontrar valores verdadeiros, pois sabe que o dinheiro não vai resolver todos os seus problemas. Quando você aprende a limitar e focalizar seus muitos talentos em uma ou duas direções, descobre que o sucesso financeiro chega com muito mais facilidade.

CÂNCER na 2ª Casa – Você se apega ao que possui, caracteristicamente poupando para os dias difíceis, em especial quando Touro ou Câncer está no Ascendente. Tem um pendor natural para lidar com imóveis e mercadorias, com vendas e com o público. Entretanto, com aspectos desafiadores à Lua, pode experimentar flutuações financeiras. É econômico, mas não mesquinho; é liberal com todos os seus recursos, mentais e materiais, quando está emocionalmente envolvido. Apesar de sua habilidade natural para ganhar dinheiro, você sempre teme os reveses financeiros.

LEÃO na 2ª Casa – É provável que você tenha dinheiro, mas pode ser extravagante e sujeito a sofrer reveses financeiros. Gostaria mais de trabalhar sozinho, em vez de entrar numa sociedade ou trabalhar para alguém, principalmente se tem Leão no Ascendente. A colocação de Leão no mapa mostra onde a vontade de brilhar é acentuada; entretanto, a busca do dinheiro só raramente  traz alguma felicidade para Leão. É muito frequente você ter sucesso mais pelo charme do que pela integridade, embora possa aprender avaliando honestamente seu talento e capacidade naturais. Com Câncer em elevação, você se sai bem em qualquer área que envolva gerência financeira. Com Gêmeos no Ascendente, você não leva o dinheiro tão a sério; está mais interessado em assuntos intelectuais, valores e liberdade pessoal, a menos que Mercúrio esteja num signo muito prático e terreno, como Capricórnio.

VIRGEM na 2ª Casa – Você lida naturalmente com as finanças, e assim pode atuar bem nessa área, tendo aptidão natural para ser banqueiro, contador ou coletor de impostos. Depois de constatar que a honestidade é a melhor política, você pode ir longe nesse campo. É possível que você use as finanças como forma de manipulação, principalmente quando Mercúrio recebe aspectos desafiadores de Netuno ou Júpiter. Você é ambicioso, e ao mesmo tempo cauteloso; raramente arrisca seu próprio capital. Com Câncer em elevação, o dinheiro e a segurança que ele proporciona são muito importantes para você; é comum ser bem sucedido em áreas que requerem perspicácia financeira. Com Leão em elevação, você surpreende os outros: é vaidoso e generoso, mas cuidadoso e exigente quando se trata do seu bolso.

LIBRA na 2ª Casa – Frequentemente o seu dinheiro está vinculado a parcerias e você é demasiado cauteloso por causa de seu desejo de manter o equilíbrio financeiro. Prefere um emprego em que não tenha de se sujar, pois é asseado e gosta de fazer tudo sistematicamente. Tem um refinamento inato, principalmente quando tem também Libra no Ascendente e se sai bem em qualquer área que requeira bom gosto e valorização da arte e da beleza. Sente-se atraído por objetos finos (joias, peles, quadros valiosos) e em geral cuida bem deles, a menos que Vênus esteja muito aflito. Com Leão ascendendo, você poderá facilmente combinar sua personalidade dramática com algum hobby ou talento artístico. Com Virgem ou Câncer no Ascendente, é possível que você se comunique de forma mais tranquila e menos ostentosa.

ESCORPIÃO na 2ª Casa – Não é fácil conhecer você, pois muita coisa fica oculta debaixo da superfície. Muitas vezes você exibe um semblante muito plácido, enquanto por dentro é, na realidade, um ser humano complicado, com muito mais sensibilidade do que exibe. Você tem muita força e reserva, impõe respeito aos outros e tende a ver até o fundo das coisas, principalmente se Marte e Plutão estiverem bem aspectados. Entretanto, precisa vigiar constantemente o seu sarcasmo, que pode afastar os outros de você.

SAGITÁRIO na 2ª Casa – Em geral você tem sorte com dinheiro, desde que Júpiter não esteja violentamente aflito. Você é liberal, gosta de jogar e geralmente ganha. Generoso e disposto a repartir o que tem, você pode ser espiritual e psicologicamente dotado. Pode ganhar dinheiro através de viagens ou da área educativa. Se Júpiter estiver bem aspectado demais, pode haver uma autêntica falta de preocupação com as coisas materiais e uma tendência à negligência ou excesso de confiança nas transações financeiras.

CAPRICÓRNIO na 2ª Casa – Você ambiciona o dinheiro e quer economizar; pode ser generoso em relação a si mesmo, mas raramente em relação a suas posses. O que é seu lhe pertence, você defende e preserva o que tem. Capricórnio aqui não nega o dinheiro, mas indica, isto sim, a necessidade de ganhá-lo. Pode ser que receba uma herança do pai – porém, como uma forma de prendê-lo, se Saturno tiver aspectos desafiadores. Com Sagitário ascendendo, seu comportamento jovial esconde o fato de que na verdade você é bastante prático e prudente e pode ter jeito para lidar com imóveis e tudo que se relaciona com terra e investimentos. Com Escorpião ou Capricórnio no Ascendente, é muito importante que seus valores e sua autovalorização não se baseiem apenas em coisas materiais, do contrário a sua segurança só vai ser aparente.

AQUÁRIO na 2ª Casa – Com Capricórnio no Ascendente, pode ser que você surpreenda ou outros, pois não leva o dinheiro e as posses tão a sério quanto a sua personalidade mais ou menos ambiciosa poderia sugerir. Na verdade, é possível que haja um bom número de oscilações financeiras na sua vida, que só vão afetá-lo profundamente se Urano tiver muitos aspectos desfavoráveis; caso contrário, você vai se colocar à altura da situação e prontamente começar tudo de novo. O seu sistema pessoal de valores, principalmente a sua liberdade pessoal, são da máxima importância para você; com Aquário ou Sagitário Ascendente, você determina esses valores numa idade relativamente precoce. Com Capricórnio em ascensão, você pode pender primeiro para o lado material, e só mais tarde perceber que a verdadeira liberdade não se encontra no dinheiro nem nos bens. Entretanto, qualquer que seja o Ascendente, você gosta de possuir bens incomuns, como colecionar carros antigos, móveis antigos ou livros raros e incomuns.

PEIXES na 2ª Casa – Com Capricórnio em elevação, você tem problemas financeiros até se libertar do lado material e perceber que a segurança que procura não pode ser comprada, mas precisa vir de dentro. Com Peixes ou Aquário no Ascendente, você é emocional em relação à maioria dos assuntos da 2ª Casa; entretanto, as coisas tangíveis nem sempre significam muito e pode ser que você seja descuidado com suas posses. Com Netuno aflito, estude bem todos os documentos antes de assiná-los. Você pode lucrar investindo em áreas relacionadas com Netuno – cinema, teatro, fotografia, música, petróleo e navegação, por exemplo.

ÁRIES na 8ª Casa – Se você tem Leão ou Libra no Ascendente, pode ser necessário canalizar o excesso de energia sexual para alguma outra direção construtiva. Com Virgem em elevação, você pode ser vítima de sentimentos de insegurança ou mesmo de inferioridade, alternados com períodos de impetuosidade. A obtenção de paz interior e segurança torna-se uma profunda necessidade psicológica, possível de ser satisfeita apenas aprendendo a servir aos outros, em vez de tomar dos outros. Se o seu parceiro for sensível, poderá ajudá-lo em sua busca de identidade. Quando há talentos criativos evidentes no mapa, Áries na cúspide da 8ª Casa pode expressá-los de forma dramática e profunda, e até mesmo oculta. Pode ser que você se preocupe com a morte, mas raramente tem medo dela; simplesmente está pronto para investigá-la.

TOURO na 8ª Casa – Com Libra no Ascendente, Touro na cúspide da 8ª Casa também é regido por Vênus; a posição e os aspectos de Vênus fazem uma grande diferença. Com Vênus bem posicionado, é provável que você seja útil a seu parceiro e também se beneficie dos recursos dele. As circunstâncias difíceis acabam tendo um final feliz; em geral você confia na sua capacidade de lidar com elas. Não deve haver problemas sexuais. Se Vênus estiver pressionado no mapa, você tende ao egoísmo. Cuidado para não se tornar muito voltado para o dinheiro. Com Escorpião no Ascendente, é possível que você use algumas de suas faculdades numa investigação mais profunda dos temas místicos ou que tenha capacidade de autorregeneração; porém, com Virgem ou Libra no Ascendente, você vai se inclinar, de preferência, para assuntos mais definidos e concretos. Você precisa saber que as pessoas de quem depende o respaldam de maneira prática e útil.

GÊMEOS na 8ª Casa – Quando Escorpião está no Ascendente, você tem curiosidade acerca dos mistérios da vida e da morte e fica inquieto até adquirir uma compreensão mais elevada. Use da sensatez para lidar com quaisquer tendências mórbidas. Pode ser que você tenha um interesse profundo e duradouro pelos temas ocultos. Quando Sagitário se eleva, você se interessa mais pelo lado mental do que sexual, mas mesmo assim gosta de falar sobre sexo e muitas vezes é um contador de histórias de duplo sentido. Não tem muita compaixão para julgar os outros e tem dificuldade em admitir seus próprios erros, principalmente com Libra em ascensão. Se Mercúrio estiver bem aspectado, talvez a sua vocação seja escrever, principalmente a respeito de sexo, ciência ou pesquisa.

CÂNCER na 8ª Casa – Com Escorpião ou Capricórnio em elevação, é possível que acontecimentos inesperados compliquem sua vida. Esse posicionamento propicia uma notável capacidade de premonição, porém os presságios dos acontecimentos futuros podem causar-lhes acesso de depressão e morbidez. Essa tendência é um pouco moderada quando a Lua está num signo estável. Você precisa manter suas emoções e sentimentos constantemente sob controle, pois a passividade é um perigo sempre presente com Câncer nessa posição. Quando Sagitário se eleva, sempre é possível a melhora do seu bem-estar através de heranças ou presentes recebidos. O sexo pode nem sempre ser fácil, pois você precisa da constante reafirmação de que é amado, amado e amado.

LEÃO na 8ª Casa – Se Aquário estiver no Ascendente, você é aventureiro, adora assumir riscos e sente desprezo pela morte. O abuso do prazer pode prejudicá-lo, diminuindo sua vitalidade. Como para você o sexo é uma expressão de toda a sua personalidade, é possível que você queira variar muito nessa área. Para ter um sentido para você, precisa ser uma experiência compartilhada, e não imposta. Com Capricórnio no Ascendente, você deseja controlar totalmente os bens de seu parceiro; entretanto, é generoso e liberal com suas próprias posses. Tome cuidado com o excesso de esforço e não force o coração, principalmente quando o Sol tem aspectos desafiadores. Com Leão nesse posicionamento, muitas vezes você é levado a servir o público no campo financeiro; com um Sol bem aspectado, é provável que receba muito apoio do público.

VIRGEM na 8ª Casa – Você é muito prático quando se trata de lidar com o dinheiro dos outros e, portanto, se sai bem na área bancária ou de contabilidade, principalmente com Capricórnio ou Peixes no Ascendente. Pode se interessar pelo psíquico ou pelo oculto, mas só depois de muita persuasão, pois você exige provas antes de aceitar as coisas. Quaisquer dificuldades que surjam na sua vida sexual se devem ao fato de você ser demasiado crítico, analítico e exigente em relação ao parceiro. Com Aquário em elevação, pode ser que você tenha Gêmeos na cúspide da quinta Casa. A combinação Aquário-Gêmeos-Virgem leva ao desejo de ter uma vida amorosa variada; entretanto, você receia revelar suas profundas necessidades sexuais. O resultado são muitas, mas não muito gratificantes, experiências sexuais, a menos que Mercúrio esteja num signo fixo. Com Virgem na cúspide, provavelmente é melhor não ter esta Casa ocupada. Quando delinear este posicionamento, dê particular atenção a todos os aspectos de Mercúrio.

LIBRA na 8ª Casa – Com Peixes no Ascendente, pode ser que você se case por dinheiro ou prevendo uma herança, mas só vai se decepcionar, a menos que Vênus esteja muito bem colocado. Às vezes uma primeira decepção no amor propicia melhor discernimento no futuro. Evite o excesso de álcool, por causa d tendência aos problemas renais. Aprender a fazer acordos em questões financeiras contribui para o seu amadurecimento. Libra, nesta posição, frequentemente indica o juiz, o banqueiro ou o gerente dos negócios dos outros. Com Áries em elevação, a sua natureza ardente pode ser bastante voltada para o sexo; um caso só pode não bastar. A sua vontade de explorar todas as alternativas pode levá-lo a muita variedade, mas poucos envolvimentos significativos.

ESCORPIÃO na 8ª Casa – Essa é a Casa natural de Escorpião no mapa plano; assim, todos os assuntos da oitava Casa são aceitos naturalmente. Você ama a vida, mas também é capaz de aceitar a morte com objetividade. Com Áries no Ascendente, é possível que você tenha um complexo de inferioridade; para se provar, assume riscos e fica sujeito a acidentes. Com Peixes ou Touro em ascensão, você tem a tendência a se provar através do sexo, de maneira um pouco luxuriosa ou possessiva. Sabe lidar com o dinheiro, conhece seu valor e, assim, pode sair-se bem na área bancária, de contabilidade ou carreiras afins. Às vezes existe uma preocupação mórbida com a morte, quando Marte ou Plutão tem aspectos difíceis e você não encontra um canal adequado criativo de vazão. Você se agarra às realidades objetivas e em geral evita os intangíveis, a menos que Peixes esteja ascendendo e Netuno seja proeminente no horóscopo.

SAGITÁRIO na 8ª Casa – Com Áries ou Gêmeos em elevação, este posicionamento é muito bom para a pesquisa científica. Você é inventivo e sutil e tem grande interesse pelas filosofias religiosas e pela vida após a morte. Com Touro em elevação, pode lucrar através de associações, e existe a possibilidade de receber uma herança. O sexo lhe interessa muito, mas esse interesse, frequentemente, é mais mental do que físico. Tem muita sorte para receber apoio dos outros e pode ser muito bem-sucedido na área política.

CAPRICÓRNIO na 8ª Casa – Capricórnio aqui promete vida longa, e dificilmente uma morte súbita; entretanto, você teme envelhecer e tem medo da morte. Com Touro em elevação, você é muito cuidadoso em relação às finanças conjuntas, mas mesmo assim pode ter problemas com os recursos do parceiro. Com Gêmeos em elevação, você tem uma compreensão inata da economia; assim, frequentemente, assume cargos de responsabilidade em relação aos assuntos financeiros dos outros. A não ser que o resto do mapa negue, esta é praticamente a marca do banqueiro. Quando Saturno tem aspectos desfavoráveis, é preciso que você ajuste os seus valores. Você tem muita coragem e fica firme diante da adversidade.

AQUÁRIO na 8ª Casa – Com Aquário nessa posição, você vê o sexo como um jogo, investigando todas as fases de uma maneira distanciada e às vezes inconvencional, principalmente com Leão ou Gêmeos no Ascendente. Com Câncer em elevação, a sua insegurança básica pode ser mais forte que sua curiosidade, você pode ter uma conversa muito boa – mas isso é tudo! Você é altamente intuitivo e até psíquico, se quiser seguir esse caminho e se houver confirmação do resto do mapa. Mas tome cuidado com as intrigas! Você também pode ser bastante crédulo, principalmente quando Urano recebe aspectos desafiadores. Sente-se atraído pelo oculto, com qualquer signo Ascendente, e gosta de fazer coisas inconvencionais – inconvencionais para os outros, não para você. Quando Urano ou Saturno estão muito desafiados, é possível que você tenha a tendência a ficar deprimido com muita facilidade, em especial se Câncer se eleva. Com Gêmeos em elevação, é possível que você tenha problemas ao lidar com os recursos e o dinheiro dos outros; aprenda a controlar primeiro o seu próprio talão de cheques. Com qualquer Ascendente, Aquário nessa Casa tende a torná-lo um livre-pensador em questões relacionadas com a morte.

PEIXES na 8ª Casa – Com Câncer em elevação, você é muito sensível, e depois de adquirir compaixão é capaz de direcionar sua capacidade intuitiva de forma muito positiva. É preciso que você aprenda a trabalhar com os outros ou ajudá-los, principalmente com Leão em elevação, caso contrário vai ver que a experiência é um professor eficiente. Às vezes pode haver decepção a respeito dos recursos do parceiro. Você é altamente sensível à crítica acerca de sua habilidade sexual. Se Netuno tiver aspectos desfavoráveis, tome muito cuidado com o uso de drogas e anestésicos, e obtenha sempre uma segunda opinião quando lhe indicarem alguma cirurgia. Com Câncer ou Virgem em elevação, o sexo pode não ser muito importante para você, que pode relegá-lo a um segundo plano em função do que considera mais significativo, como um relacionamento profundo.

E, quanto à obra a ilustrar o tema desse Post (assim, quem não curte astrologia também se enriquece!), trazemos a delicadíssima tela do francês Nicolas Poussin (1594-1665), que fez carreira (e sucesso!) em Roma.

 “Uma dança para a música do tempo” (1638), de Nicolas Poussin, Wallace Colection, Londres.

“Uma dança para a música do tempo” (1638), de Nicolas Poussin, Wallace Colection, Londres.

Tudo a ver com nosso tema do mês, “Uma dança para a música do tempo” traz as figuras alegóricas da Riqueza, do Prazer, do Trabalho e da Pobreza, além do deus Jano (esculpido numa pedra, sobre um pedestal e envolto numa guirlanda de flores), a carruagem de Apollo e seu cortejo, a criança e o velho, no canto inferior direito e a outra criança fazendo bolhas de sabão, no canto inferior esquerdo.

Bem, vamos a uma das atividades mais prazerosas do mundo: contemplar uma obra de arte e tentar “traduzir” o que o erudito artista está a nos dizer através de suas pinceladas. Olhinhos (e Alma) atentos?

Observem que o deus da saúde e da harmonia, Apollo (Hélios, na mitologia romana) está, lá do alto, dentro de um círculo dourado, o que representa a eternidade que é o nascer do Sol (Apollo). Ele é precedido por uma jovem (seguramente a deusa Aurora) que faz jorrar algo como pó de ouro (ou flores douradas) de suas mãos. E sua carruagem é seguida por algumas donzelas, a bailar, as Horas.

A representação pictórica dessas quatro divindades alegóricas, diz muito sobre as instâncias que presidem.

O Prazer é a única que nos encara convidativa e, reparem como seu olhar é alegre, feliz. Assim como a Riqueza, o Prazer está calçado (isso é MUITO importante!). Não há dúvida de que o fato do Prazer ser a alegoria mais distante da Pobreza, também tem algo a nos dizer.

Sobre a cabeça de todas essas alegorias está algo ligado ao que elas representam e, o Prazer traz uma guirlanda de flores. Ora, flores são belas, exalam aromas agradáveis e… Perecíveis, efêmeras. O prazer também abarca a luxúria, o ócio e talvez seja por isso mesmo que dá às mãos à Riqueza. Afinal, sem dinheiro, como gozar o melhor da vida?

Atentem que o Trabalho está centralizado, entre o Prazer e a Riqueza. E ostenta a guirlanda de louros em sua cabeça! Realmente, o Trabalho é dignificado, faz jus à coroa de louros, símbolo da vitória. Note-se que o trabalho, assim como a Pobreza, estão descalços. Como sempre, nada é em vão, ou seja, em tudo o artista está a nos relatar o que apreende.

O Trabalho dá as mãos à Pobreza e essa tenta dar às mãos à Riqueza, mas observem que elas (mãos da Pobreza e mãos da Riqueza) não chegam a se tocar. A Pobreza traz em sua cabeça um simples pano a prender seus cabelos, está descalça e se veste com modéstia.

A Riqueza, calça belíssimas sandálias douradas, está bem vestida e traz uma guirlanda de pérolas na cabeça. É apropriado que a Riqueza ostente alguma joia, não acham?

Também podemos ver que a Pobreza traz uma expressão facial de sofrimento, enquanto a Riqueza apresenta um perfil sereno; já o Trabalho parece focado noutra coisa (na Riqueza?) e, como já dissemos, o Prazer tem uma carinha de felicidade, de indisfarçável satisfação.

E, como se trata de “Uma dança para a música do tempo”, a figura do velhinho sentado tocando um instrumento musical parece introduzir a velhice (ou a morte) como elemento à espreita. Não importa o que façamos, a velhice e/ou a morte, está lá, presidindo a harmonia (avento-a pela música) que essas quatro alegorias, quando bem orquestradas, presidem. E essas asas? Ah, o tempo voa, não?

Já a criancinha ao lado do velho, segurando uma ampulheta (que ainda tem muita areia para passar), indica que a dança começou há pouco e vai durar algum tempo. Não é curioso que uma inocente criança segure a frágil ampulheta. Ops! Podemos, heraclitianamente, “ler” algo também nisso: “O tempo é criança brincando, de criança o reinado.” (Frag. 52 , do filósofo pré-socrático, Heráclito de Éfesos, inspirador de Sócrates e Platão).

A outra criança, no canto inferior esquerdo, fazendo bolhas de sabão, parece estar a indicar a efemeridade da vida, que passa tão rápido. Muitos elementos nessa obra reiteram isso insistentemente. Fato que é que esta criança está a brincar. Talvez a vida seja mesmo uma brincadeira, que levamos a sério demais.

Agora, sobre a presença do deus Jano (daí janeiro) nesse sólido pedestal, vale a pena elucubrar. O maior monumento a Jano se encontra no Museu do Vaticano. Ele é bifronte, ou seja, tem duas faces: jovem, indicando o futuro e outra velha, representando o passado. Mas, às vezes, como no do Vaticano, ambos possuem longas barbas.

Jano, do latim, Janus, é o deus pagão dos começos e dos fins (31 de dezembro e 1º de janeiro). Talvez sua presença nessa obra se justifique pelo fato dos antigos romanos considerarem que esse deus trás dinheiro. À Jano é creditada a invenção da moeda, que como ele também tem duas apresentações distintas: cara ou coroa.

A guirlanda de flores ornamentando Jano sugere mais uma contraposição entre o eterno e o efêmero: flores murcham, mas Jano se reinicia a cada ano. Sua afinidade com Saturno (Chronos) talvez se deva ao fato de alguns relatos mitológicos afirmarem que ele deu guarida ao deus do Tempo, quando esse fora destronado por seu caçula, Júpiter (Zeus).

Claro que a interpretação da obra, pode prosseguir nos comentários, o que sempre estende nossa festa!

Por fim, gostaria de finalizar esse Post, trazendo a interpretação do Ascendente, Descendente, 2ª e 8ª Casa de uma querida amiga do Salotto. Vamos lá?

Mapa da Janisete

A amiga em questão tem uma presença do tipo magnético (Escorpião no Ascendente), daquelas impossíveis de não serem notadas, mas chega com meiguice e encanto (Netuno em conj. Com o Asc.). Em seus olhos, além de mistério, podemos entrever fantasia, devaneio, romantismo.

Como o regente do Ascendente (Plutão) está em Virgem (em conj. Com Marte, Urano e Lua) ela encontra vazão para o que “nasceu” (Escorpião), em atividades tipicamente virginianas: discriminando, buscando (e encontrando!) pelo em ovo, sendo disciplinada, crítica, exigente e… xarope (no bom sentido, claro)!

E mais: toda essa “vazão” é feita em grupo, com amigos ou associações (o “Stellium” acima citado se dá na 11ª Casa, a tradicionalmente associada à Aquário, o 11º signo), pois é nessa Casa (a das amizades e dos grupos) que o signo de Virgem está, com todos esses planetas.

Descendente: o casamento é benéfico (Touro na cúspide da 7ª Casa) e o planeta que rege o signo do casamento, Vênus, está em conjunção com Mercúrio, em Gêmeos. Há indícios de mais de um casamento e indica também que parceiro é jovem (ao menos em Espírito), dinâmico, divertido. Para a donzela em questão, falar sobre sexo, morte e outros temas tabus é tranquilo e qualquer embaçada nesse assunto é transitório, não seu destino. Outro detalhe na esfera do sexo e paro por aqui: adora falar e ouvir coisas picantes e sua conexão com o sexo oposto deve ter, necessariamente, uma afinidade “mental”. Essa é do tipo que casaria com um cérebro.

A 2ª Casa, a dos recursos ($$$) que tratamos neste Post, é ocupada pelo signo de Sagitário: o mais afortunado! E, detalhe: o regente da 2ª Casa, Júpiter, está Áries (pioneirismo) na 6ª Casa, a do trabalho, do dia-a-dia, da rotina. É, a mocinha ganha dinheiro biblicamente, ou seja, através do suor de sua fronte.  Mas como é afortunada nessa questão! Não tenha receio de experimentar e ousar no trabalho, pois o cordeiro (Áries) é inocente e, desde que o propósito seja nobre, ele é protegido, pois é semente.

Quanto à 8ª Casa, que também tratamos aqui, ela “intui” a necessidade do parceiro, e sua possibilidade de ganho através das associações, parcerias, sociedades e casamento que faz também é marcante: Vênus em conj. Com Mercúrio na 8ª Casa, asseguram que ela SABE reivindicar seus direitos, aliando a agilidade mental de Mercúrio com a docilidade de Vênus. Seu discurso, raciocínio e escrita é do tipo bem humorado e amoroso, harmonizando esses planetas, o discurso (e o raciocínio, pois estão em Gêmeos) é do tipo “Canto da sereia”, envolvente.

Bem, a ideia era só de olhar os assuntos que já vimos até aqui (Asc., Desc., 2ª e 8ª Casa), mas… E eu resisto?

O Sol em Câncer dá uma personalidade maternal, protetora, do tipo que quer todos os que ama embaixo de suas asas, mas estando na 9ª Casa, “quebra” um pouco esse apego canceriano. Câncer se apega demais: à família, à casa, às fotografias, ao passado, ao que é liquido e certo… Mas com um Sol em Câncer, na 9ª, todo esse sentimento de “mãezona” pode ampliar as fronteiras e se estender para o mundo, pra toda a humanidde. Fé, religião, filosofia, estudos “superiores” e países estrangeiros estão favorecidos, a atraem e ela transita com certa facilidade sobre esses temas. As pessoas do signo, Ascendente ou Lua em Sagitário “detectam” essa característica “natural” e a admiram, afinal, o Sol em Câncer dela brilha nos assuntos tipicamente sagitarianos.

Saturno em Aquário, na 4ª Casa, indica uma infância ou família de origem… Difíceis! Mais detalhes, somente à própria dona, em particular. No entanto, posso afirmar que, estando esse Saturno em oposição exata com o Stellium na 11ª Casa, há desafios a serem enfrentados e superados com aquele grupo que dá sentido à sua existência e que mencionei acima.

Realmente, amigos, grupos, associações é algo do qual não adianta se esquivar: é seu mundo. É o palco onde você terá que atuar. Ou aturar… Saturno em Aquário a obriga a desapegar do “mimimi” canceriano e dar um passo à frente.

Há um sextil (ângulo de 30°) entre o Sol e a Lua: foi “confeccionada” com bom entrosamento entre os pais. Mas a mãe é (ou foi vista como sendo) uma figura poderosa, exigente enérgica, imprevisível e até mesmo… Hostil.

Menina, o auge de sua carreira começa em poucos meses! O sucesso profissional está a galope. E, atualmente, toda a sua personalidade (quem sou?) está em reconstrução. Para não me estender demais nesse Post (já me excedi), prossigamos nos comentários.

Espero que tenham aproveitado a leitura, amigos!

YOU MIGHT ALSO LIKE

ASTROLOGIA – A tatuagem ideal de cada signo
May 11, 2018
O Pretinho básico para cada signo!
March 19, 2018
ASTROLOGIA – Qual a fantasia de carnaval para o meu signo
February 07, 2018
Previsões para 2018
January 06, 2018
O Presente Ideal para cada Signo, e suas incumbências!…
December 18, 2017
ASTROLOGIA: O quarto (e o parceiro ideal) de cada signo!
October 12, 2017
Qual a viagem ideal para cada signo?…
June 26, 2017
Qual o vestido de noiva ideal para o teu signo!
May 15, 2017
Previsões para 2017!!! Pela Prof. Luciene Felix Lamy
January 02, 2017