O direito da escolha!…


DSC08539

Ao final de cada dia me pergunto se aquelas  24 horas foram bem vividas.  Detesto desperdício, e um dia mal vivido é o maior despedício de todos!

Nos últimos dias, se você vive neste planeta, deve ter visto a capa da Vanity Fair americana com Caitlyn Jenner.

556cd6644ae56e586e4588d8_caitlyn-jenner-bruce-jenner-july-2015-vf

Na entrevista, uma frase me chamou a atenção.  Ela diz: ” “Se eu estivesse no meu leito de morte e tivesse guardado esse segredo toda a minha vida e nunca tivesse feito nada sobre isso, eu pensaria: ‘Você jogou fora toda a sua vida. Você nunca lidou consigo mesmo ‘, e eu não quero que isso aconteça.”   Estas palavras vindo de uma pessoa que ganhou a medalha de ouro na Olimpíadas, casou-se três vezes e tem seis filhos!

Bruce Jenner nos anos 80

Bruce Jenner nos anos 80

Mas apesar da presunta contradição, acho a sua atitude nobre, correta, justa!  Fiz um paralelo com o artigo que escrevi sobre ser velha no Brasil (AQUI) onde entendi que neste país não é ruim, mas errado ser velha!!  E fiquei pensando se estou ou não desperdiçando a minha vida…

O estar bem consigo mesmo, dentro da tua pele, tem muito mais a ver com a cabeça do que com o exterior.  Caitlyn ainda tem um pênis, mesmo sendo mulher.  (Existem regras  que estabelecem o quanto você tem que se transformar para se considerar de um ou do outro sexo.)  Bruce havia algo chamado de dyxphoria de gênero.  Ele nasceu homem apesar de ser mulher.  Mas isto não afetava a sua sexualidade.  E Caitlyn decidiu ficar com um pênis.  (Estudos aconselham esperar um ano depois da transformação antes de decidir quanto a este último aspecto.)

As fotos de Caitlyn Jenner por Annie Leibowitz são lindíssimas!

As fotos de Caitlyn Jenner por Annie Leibowitz para a Vanity Fair são lindíssimas!

FullSizeRender-3 FullSizeRender-2 FullSizeRender FullSizeRender-6 FullSizeRender-7

Esta é a minha favorita

Esta é a minha favorita

É interessante notar o quanto hoje ser transgender é mais aceito.  Vejam só a capa da Time do ano passado com a atriz transgender, Laverne Cox, do seriado Orange is the New Black onde a revista diz ser esta a nova batalha de direitos civis.

transgender-cover

Ou também no fato que a universidade onde minha filha vai o ano que vem nos USA tem entre seus cursos o Gay, Lesbian and Transgender Studies.   Existem ao redor de 700,000 transgenders nos Estados Unidos.  E hoje, através da internet, eles se comunicam e ajudam um ao outro na escolha de como lidar com as suas escolhas.  Tecnologia ajudou muito esta causa tanto com a web quanto com as operações que existem para ajudar na transformação física.

Mas para a minha ou a tua dificuldade, seja esta qual for, podemos usar a tecnologia?  Acredito que sim!  Mas de nada serve sem a determinação e sem sabermos o que queremos.  O poder da NOSSA escolha tem que vir junto com a ciência do que queremos.

A minha foto do outro dia de biquini foi emblemática para mim.

Mas não resisti fazer a boboca com meu corpo novo por Jaqueline Múller, nossa nutricionista über-master do blog!

Eu sempre tive vergonha de tirar a bendita saída de banho.  Assim que ela desaparecia, era um tal de segurar a barriga para dentro.  Mas o outro dia, na frente de todos aqueles homens lindos e outras mulheres mais magras do que eu, me senti bem e não segurei a barriga para dentro.  Tive sim que me “transformar”.  Quis perder quilos com o #ouvaiouracha.  Mas a tecnologia ajudou.  Sabemos comer melhor e existem pastilhas naturais que ajudam a metabolizar gordura e carboidratos de forma mais eficiente.  Apesar da minha pele ser mais velhusca, nunca me senti tão bem nela!!  Ao ponto de ter que entender que cheguei à minha meta 2 quilos mais pesada do que queria.

Para mim, este é o poder da minha escolha.  Acredito que cada um de nós temos uma.  O importante é viver em contato consigo mesmo e entender o que queremos.  Claro que isto subentende não fazer mal a mais ninguém, que no caso de Bruce foi mais complicado por causa da 3 esposas e 6 filhos!!  E temos que estar cientes de mais uma coisa, o processo nunca termina…

Caitlyn diz finalmente não ter mais mentiras.  Bem, isto o tempo vai avaliar.  Quem não tem?!!!  Mas certamente o peso de uma sua grande mentira ela não carrega mais.

E não quis terminar este artigo só com o meu relato.  Pedi a alguém que respeito muito, Patrício Bisso, qual foi a sua realidade, e o que é o poder da escolha na sua opinião. (deixei os erros de ortografia por refletirem o seu maravilhoso sotaque argentino!)

Patricio Bisso

Patricio Bisso

Quando eu tinha uns onze-doze anos, queria ser mulher. Não era nada sexual, isso nem passava pela minha cabessa. Mas eu gostava de vestidos, fazer teatrinho com as bonecas, desenhar, ler, qualquer coisa menos jogar futebol. Tinha convencido ao meu pai, que nesse carnaval ia sair de “hippie”. Na verdade tinha acabado de assistir “O Mágico de Oz”, e estava encantado com a Judy Garland. Deixava o meu cabelo crescer, para (escondido, é claro) fazer essas duas maria-chiquinhas que a Dorothy usava. Um dia o meu pai entrou de sopetao no banheiro, e quando me viu com aquele penteado, me mandou CORRENDO para o barbeiro, que passou a sua máquina ZERO nas minhas lindas madeixas. 

Com o tempo fui aprendendo que não precisa ser mulher para usar lindos vestidos, e o teatrinho de bonecas, acabou virando teatro na vida real. O meu problema estava resolvido. Mas vemos cada vez mais, pessoas que não estão satisfeitas com o sexo que figura na sua partida de nascimento. Tem pessoas muito conhecidas, que acabam virando capa de revista e apresentadoras de televisão. Mas fico pensando que deve ter MILHÕES de outras, que a gente não conhece. Para cada filha de Angelina Jolie que quer ser rapaz, deve ter um monte de outras que não tiveram a sorte de ter uma mãe “MODERNA” …
O mundo atual pode ter um monte de defeitos, cada vez mais, ou pelo menos antigamente não ficávamos sabendo de tantos podres. E embora paressa divertido ver a Caitlyn-Bruce saindo na capa da Vanity Fair, pensemos um pouco em como ele deve ter sofrido estes anos todos. E como se ainda isto fosse pouco, fez parte do Klan-Kardashian, o que garantiria várias re-encarnassões livres de karma. As pessoas parecem esquecer que esta figura folclórica já foi um medalhista olímpico, e não é para qualquer um levar uma medalha de ouro. E ainda por cima, ficou razoavelmente bonita na sua nova fase. Conhesso MUITAS que perderiam feio nas Olimpíadas do Sex-Appeal …
Laerte não desenha pior pelo fato de usar um vestido. Uma das maiores estrelas atualmente na Argentina, nasceu homem, mas se casou, teve dois filhos que ela adora (o esperma era do marido), tem RG com o seu nome de mulher, e é dona de uma língua ferina, que faz com que cada vez que aparessa na TV, alguma coisa acontessa. Se por um lado, a hipocrisia é cada vez maior, temos que agradecer que estamos sendo testemunhas de uma revira-volta geral. Quer usar um vestido …? Use. Quer por um terno …? Ponha. Quer aparecer pelado …? bem, aí já são outros quinhentos …
Patricio como Olga del Volga, sexóloga Russa com Anouk Aimée (não parece com a Costanza?!!)

Patricio como Olga del Volga, sexóloga Russa com Anouk Aimée (não parece com a Costanza?!!)

Obrigada Patricio!!

59 Comments

Sandra Matos
Reply 5 de June de 2015

Que espetáculo...que sensível e verdadeira suas colocações. Meu coração e minha razão sempre me provocam a ser eu mesma...com a maturidade com certeza sou mais eu. Sempre fui muito autêntica e sem grilos...mas em muitos momentos " as conveniências da vida" me fizeram recuar ou me intimidar...mas hoje sou livre. E vejo em você Consu essa liberdade e liberalidade. Parabéns por tudo. E obrigada. Beijocas.

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Sandra sou eu quem devo te agradecer!
    bjs c

Ana Laura Rabelo
Reply 5 de June de 2015

Dias desses recebi um email com um encarte que dizia:

I'll do the judging
Romans 12:19
"I'll do the judging", says God.
Our job: Love God. Love people.
He simplified it. We complicate it.

Acho que é desnecessário acrescentar qualquer coisa.

XXX,

AL

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Perfeito! bjs c

    Denise Luna
    Reply 5 de June de 2015

    Amen to that, dear Ana!
    Bjs

Paty
Reply 5 de June de 2015

Bomdia,
Lindo post. Obrigada por se mostrar com tanta autenticidade. Tenho aprendido muito com voce e o salloto e gostaria muito de agradecer a todos.
"Viver em contato consigo mesma e saber o que quer" - isso exige muita honestidade consigo mesma e as vezes, por vários motivos, nos distanciamos da nossa essência. Como boa geminiana estou bem em contato comigo mesma, mas saber o que quero e outro papo - LOL. Eventualmente eu chego la. :)
"Maybe the journey ins't much about becoming anything.
Maybe it's about UN-BECOMING everything that isn't really you so you can be who you were meant to be in the first place."
Cheers,
Paty

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Paty! So true!! Descomplicar e chegar à essência! bjs c

Carlo
Reply 5 de June de 2015

Oi, Consuelo, obrigado pelo post e pela reflexão que ele traz. Há pouco tempo, encontrei um amigo! Ele me relatava do seu sofrimento. Tinha quase 50 anos. Era gay, mas por não entender e sofrer todos os bloqueios sociais tinha namorado mulheres até seus 38 anos. Já profissional respeitado (e tem que provar ser perfeito no mundo, para que a pedra não seja jogada contra ele), enfim, contou para sua grande família que era gay e não viveria mais aquela farsa. Sua mãe disse: você não é mais o mesmo! E ele, brilhantemente, respondeu: quem sofreu estes anos todos fui eu. Achei a resposta acertadíssima. A fala expõe as dores e o sofrimento que muitos vivem ou vivenciaram por não poderem viver sua verdade. Não é fácil! Eu tomo a liberdade de deixar também o meu relato aqui. Prá mim também não foi fácil! E ao pensar no relato do meu amigo, ainda, me questionei: nossa, eu tive meu primeiro namorado aos 26 anos, somente um namorado. Pois depois voltei para minha cidade natal e me resguardei muito com medo da sociedade e da família. Somente há pouco anos, com ajuda da terapeuta, consegui me livrar dos sofrimentos, da não aceitação interna, dos medos, medos... Tive que perceber que era também um profissional muito respeitado, adorado por muitos, para perceber que não era um ser humano pior por ter uma orientação sexual não heterossexual. Sou um cara bacana e reconhecido pelo meu comportamento ético e humano, mas mesmo assim o peso social e familiar me provocava sofrimento e angústia. Claro, hoje, temos avançado coletivamente no entendimento que não há e não deve haver seres humanos de segunda categoria - ser humano é ser humano. Direitos iguais para todos! Por que sou proibido de viver minha relação amorosa? Por que não posso beijar meu namorado, se outros casais o fazem? A gente não pode negociar direitos humanos - eles são para todos, sem distinção. Enfim, estamos lentamente caminhando. O seu post ajuda as pessoas entenderem que o importante é o respeito ao direito do outro de ser verdadeiramente que é. Espero que as mães, pais, irmãos e amigos que lerem esse post possam pensar também como podem ser verdadeiros com os seus familiares e os apoiarem para ser verdadeiramente felizes. Ah, sem aquelas cobranças constrangedoras na mesa de almoço: e você rapaz já tem namorada? Por que não dizer: e você rapaz já tem namorado ou namorada? Mais amor e respeito, por favor!
Obrigado! Realmente, Consuelo, você tem feito valer seus dias! És um lindo ser humano! Um beijo,

Carlo

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Querido! Obrigada pela tua sinceridade!! "A gente não pode negociar direitos humanos"!!!!!!!! Lindas palavras! bjssss c

      Carlo
      Reply 5 de June de 2015

      Desculpe-me pelo longo texto. Um beijo e um queijo,

    Andrea - Curitiba
    Reply 5 de June de 2015

    Carlo querido, ha quanto tempo!! desde a nossa epopeia com a COS!! Como esta teu pai...? Grande texto, meu amigo!!! Que sirva de alerta e balsamo para muitos....Bjs e fique na paz!

      Carlo
      Reply 5 de June de 2015

      Andrea, querida!!! Carinho imenso por você e todos amigos e amigas do nostro salloto! Beijo e muita alegria,

    Cassiano Cacho Soares Lopes
    Reply 8 de June de 2015

    Carlo, querido. Você disse tudo! Mais amor e respeito sempre! Bjocas, Cassi.

      Maria Vilma
      Reply 9 de June de 2015

      Um grande e saudoso e carinhoso abraço, Carlo querido!
      MaVi

        Carlo
        Reply 19 de June de 2015

        Estimados Maria Vilma e Cassiano, obrigado. Cidadania plena para todas e todos. Grande abraço,

teresa
Reply 5 de June de 2015

Liberdade é um conceito lindo e poderoso, pena que tem gente que não compreende, e nem quer tentar...

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Lindo, poderoso e adicionaria,sem critério, perigoso! bjs c

Adrianne
Reply 5 de June de 2015

Quando cambi il modo di osservare le cose , le cose che osservi cambiano... Postagem Show, carina!!!!!!!!!

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Querida, q bom te ver por aqui! bjs c

Katia Holanda
Reply 5 de June de 2015

Oi Consuelo ótimos textos , liberdade rima com felicidade !
E essas são palavras que todos temos o direito de vivê-las .
Obrigada e vc é todos do Solloto .

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Q lindo isto! bjs c

Andrea - Curitiba
Reply 5 de June de 2015

De longe Bruce sempre foi meu ¨personagem ¨ favorito no reality ....As filhas umas fakes totais, nao gosto de nenhuma delas. A mae uma transloucada....Sempre pensei: o que ele ta fazendo ali???? Agora vai ter seu proprio show e os filhos nao querem aparecer....Ja nao era-se em tempo, nao, Bruce??? Coragem e personalidade!! Sua mae foi a primeira a apoia-lo. A mulher, mae das Kardashians, se sentiu traida e nao quer mais ve-lo nem pintado de ouro, nem de Bruce novamente, nem de nada...ela sempre patetica.....Diz que somente no rosto, com plasticas, Caitlyn gastou $70.000....Ela pode?? Sim, pode!! E quem0 nao pode?? Que comece do principio, enfrentando com coragem e dignidade! E que bela atitude da universidade no Texas!! Nao sabia ja desta decisao, que alias vai contra muitos principios tao retrogrados que a sociedade americana ainda enfrenta....Quanto ao Patricio Bisso, sempre adorei seu jeitao de humor acido!! E sim, Anouk Aimee eh a cara da Mamisa!!! Parabens pelo post!! Bjs..........

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Cê sabe tudo Andy! Leu o artigo todo? bjs c

      Andrea - Curitiba
      Reply 6 de June de 2015

      Amore, esse eh o assunto da vez nos EU. Meus amigos me contam tudo!!! haha....

Ivani Weffort
Reply 5 de June de 2015

Consuelo tem um ditado que diz: Better later than never. Para Bruce/Caytlin(lindo nome) acho que chegou a hora de viver a vida que queria sem ter que conviver com a mulher chatérrima... Ela vai aproveitar e viver como sempre quis. Sem ter que mentir para ela mesmo e para os outros. Espero que seja muito feliz!!!!!!

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Sabe Ivani, acho q todo mundo deseja felicidade a ela! bjs c

Andreia Mota
Reply 5 de June de 2015

Minha querida Consuelo, você sempre me dando motivos para ter muito, muito, mais muito orgulho de ser sua amiga, me permita esta declaração. Quando comecei a ler o post de hoje fiquei pensando o que eu escreveria aqui, mas o coração sempre sobrepõe a razão, que bom que Bruce se libertou, desatou seus nós. Viver uma vida inteira de mentira, não importando em que categoria se enquadre (trabalho, família, sexual), deve ser algo de uma tristeza profunda. Sempre penso nas minhas escolhas e acho sim que, de alguma forma, dei muita sorte na vida. Acho que o olhar desarmada da criança deveria viver dentro de nós até o fim da vida. Vai por mim, seu dia sempre será especial, só pelo fato de ter sido diferente do anterior. Um beijo carinhoso pra você, um beijo Salotto.
Hoje vou me inspirei na querida MaVi e vou citar Martha Medeiros:"Toda mudança cobra um alto preço emocional. Antes de se tomar uma decisão difícil, e durante a tomada, chora-se muito, os questionamentos são inúmeros, a vida se desestabiliza. Mas então chega o depois, a coisa feita, e aí a recompensa fica escancarada na face. Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar."

    Andreia Mota
    Reply 5 de June de 2015

    * Hoje me inspirei, perdão pelo vou, rsssss.

      Maria Vilma
      Reply 9 de June de 2015

      Fantástico, linda Andreita!
      Sem as rebeldes subjetividades, o que seremos...?

        Maria Vilma
        Reply 9 de June de 2015

        Voltei só pra dizer que Amo vc, querida!
        Cheiros!

    consueloblog
    Reply 5 de June de 2015

    Que benção é ser consciente da sorte q se teve na vida! Felicidade!! bjs c

Mia Athayde
Reply 5 de June de 2015

Sempre penso no sofrimento de quem vive as dificuldades de se sentir bem e confortável, em paz e com certo orgulho de ser o que se é.
E como um mantra, sempre digo a mim mesma e agora, aqui, a quem por ventura estiver me lendo: a gente deve fazer ao outro aquilo que gostaríamos que fizessem a nós.
Simples e muito eficiente!
ADOREI seu texto, suas reflexões, as palavras de Patrício Bisso e os comentários e relatos dos queridos amigos deste Salotto bacana !
Um beijo a vcs todos! :))

    consueloblog
    Reply 6 de June de 2015

    Salotto bacana q aceita a todos!! bjs c

    Andreia Mota
    Reply 6 de June de 2015

    MIA, um beijo grande querida!!!

Mirla Moreira
Reply 5 de June de 2015

Textos ótimos e reflexivos! Uma coisa magnifica na vida é poder "ser", e para isso é preciso coragem. A coragem de compreender quem somos, de aceitar e nós fazer ser aceitos, e se não, conviver com isso.

    consueloblog
    Reply 6 de June de 2015

    Acho q a idade ajuda, não? bjs c

Ana Abate
Reply 6 de June de 2015

Me identifico mil % que um dia mal vivido é um desperdício! Acho que levo isso tāo a sério que estou até 3 da matina passeando por aqui.. (Ritoca, tb sinto falta dos horários nos comments)
Assim, fico achando todos os dias ( melhor noites) que dormir é desperdício de tempo...Sei que é absurdo! Mas eu sinto assim, fazer o que! A cabeça a mil, querendo conviver, conversar, ler, assistir, meditar, etc.
Lá vou eu p minha melatonina!
E torcendo sempre para que cada um encontre seu caminho e nāo desperdice nenhum minuto escondendo sua felicidade!
Boa noite, bom dia!
Bjs

    Ana Abate
    Reply 6 de June de 2015

    Deveria ter uma tecla para correçāo dos nossos comments, né?
    Faltou interrogaçāo, sobrou vírgula...rs
    Já escrevi até risada com z e fiquei quietinha p ver se ninguém percebia sem poder corrigir...sorry!

      consueloblog
      Reply 6 de June de 2015

      Eu sei, é chato não poder corrigir... como na vida!! rss
      Ana!!!! Acho q já falamos disto!! Praque tantas horas dormindo! Sei q o corpo precisa... mas na evolução, será q a mente não pode tomar a frente e o nosso sistema se adaptar a umas 3 horas de sono no máximo... Tanta coisa pra fazer!! rss! bjs c

      Maria Vilma
      Reply 9 de June de 2015

      Ah... Ufa! Que bom, que vc erra também, Ana-Bela! Rsrsrs

Luciene Felix Lamy
Reply 6 de June de 2015

Excelente Post! E viva a Era de Aquário! \o/
"Torna-te o que és".
Redigi algo sobre a questão, aqui: http://lucienefelix.blogspot.com.br/2013/05/tratado-sobre-tolerancia-voltaire-e.html
Zilhões,
lu.

    Luciene Felix Lamy
    Reply 7 de June de 2015

    Esse trecho do Leandro Karnal é excelente!
    https://www.youtube.com/watch?v=jE_aRSKlxFw

      Maria Vilma
      Reply 9 de June de 2015

      Minha linda Lu, vou lá nas suas indicações para me humanizar um pouco mais.
      Obrigada sempre, amiga!
      Bjs,
      MaVi

Rosana
Reply 6 de June de 2015

Consuelo, você poderia falar mais sobre estas pastilhas naturais que ajudam a metabolizar gordura e carboidratos de forma mais eficiente? Fiquei bastante interessada. Bjs.

    Jackie Castro
    Reply 7 de June de 2015

    eu quero saber quais são tbm, fiquei bem curiosa

Jackie Castro
Reply 7 de June de 2015

Como você escreve gostoso Consuelo! Seu texto é leve, é divertido, é análogo e principalmente transpõe sua opinião, dotada de amor, de ser humana que é. Te digo de coração, seus textos são mágicos para as cabeças pesadas dos dias conturbados da vida atual. Sou professora de ensino superior em Design de Moda. Estou terminando meu doutorado, e quando estou muito cansada... venho para o seu blog ler e descansar o cérebro com uma leitura boa, culta e mais... divertida. Obrigada, Jackie Castro

Janeisa Tomás
Reply 7 de June de 2015

Bem colocado, a opção corajosa de Bruce em se revelar Caitlyn e a covardia de tantos que vivem uma vida atrás da máscara social que todos cobram. Com certeza, nós - seres humanos - temos nossas máscaras e nossas bandeiras levantadas para romper com o que nos aprisiona. Em vc. seu aprisionamento era a barriguinha, em mim meu aprisionamento físico são meus braços já com flacidez inexorável do tempo depois dos 50. Mas assim vamos vivendo, vamos rompendo com tabus, vamos nos encorajando ou nos descobrindo....tudo vai depender de nossa vontade de viver e querer ser o que somos. Já dizia Caetano: "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é". Beijos!

    consueloblog
    Reply 8 de June de 2015

    Ótimas aspas!!! E sabemos bem, se paramos para pensar, que vc é muito mais q o passar dos anos nos teus braços!! bjs c

Cassiano Cacho Soares Lopes
Reply 8 de June de 2015

Marilyn Monroe disse uma vez “I am involved in a freedom ride protesting the loss of the minority rights belonging to the few earthbound stars. All we demanded was our right to twinkle”, o que em uma tradução livre significa mais ou menos o seguinte: “Estou envolvida em uma jornada pela liberdade protestando contra a perda dos direitos das minorias pertencentes às poucas estrelas terrestres. Tudo o que queremos é o nosso direito de brilhar.” Todos tem o direito de brilhar no palco da vida e tiro o meu chapéu para Miss Caitlyn Jenner que venceu o medo e lutou pela sua crença, pela sua liberdade, pela sua felicidade. Sei bem pelo que ela passou e entendo o sentimento daqueles que ainda temem essa decisão. Assim como o querido Carlo, passei por momentos muito difíceis também até a minha decisão de escolha pela felicidade. Venho de uma família do interior, criado em valores machistas e preconceituosos. Sofri muito, fui humilhado, ridicularizado e até mesmo agredido por ser quem eu sou. Pela sociedade e pela minha própria família. Era chacota dos primos, dos colegas de classe, dos pais de amigos preconceituosos... Entretanto, sobrevivi e decidi, depois de muitos anos (aos 30 para ser mais exato) que eu seria feliz e para isso as pessoas teriam que me respeitar e entender que eu sou uma pessoa como outra qualquer. Encarei meus pais, que me apoiaram de imediato, e a partir de então tudo foi natural. Hoje, aos quase 40 anos, tenho orgulho de ser quem sou: um homem gay, honesto, trabalhador, divertido, parceiro, solidário e que quer apenas uma coisa da vida: ser feliz! Fico triste quando vejo as pessoas que ainda sofrem lutando contra sua própria natureza por medo do que os outros vão pensar. Queria poder estar ao lado de todo mundo para poder dar as mãos e dizer: “Tudo bem ser gay. Não há o que temer. Estou aqui para ajudar.” Mas como não posso, faço o que está ao meu alcance. Graças à Deus, sou uma pessoa abençoada por ter ao meu lado tanta gente que torce pela minha felicidade e que constantemente me diz o quão importante eu sou para cada uma delas. É a prova mais pura de amor e respeito que um ser humano pode ter. Enfim, demorei para “parpitar” porque queria escrever algo do fundo do meu coração. Hoje, tudo o que mais quero é conhecer alguém que seja livre para amar e viver a vida assim como eu, sem medo e com vontade de ser feliz. Um beijo à você Consu e à todo esse Salotto mara que eu “amodoro” de paixão! Cassi

    Dany Cilento
    Reply 8 de June de 2015

    Post Bárbaro!!
    Cassi, we love U!!!!!!

      consueloblog
      Reply 9 de June de 2015

      Obrigada querida! bjs c

      Cassiano Cacho Soares Lopes
      Reply 9 de June de 2015

      Love u too sweet Dany!

    Maria Vilma
    Reply 9 de June de 2015

    Oi, Cassiamo!!! No fundo o que necessitamos é de ultrapassar nossos próprios limites, sobretudo, os impostos pelo preconceito para conhecer o outro de verdade...Aliás, conhecer o outro e a nós mesmos para entendermos e aceitarmos os diversos matizes do humano.
    Um beijão, meu querido!
    Vc é uma figura humana extraordinária! Adoro vc!
    MaVi

      Cassiano Cacho Soares Lopes
      Reply 9 de June de 2015

      Obrigado MaVi! Adoro você também! Bjocas.

    Andreia Mota
    Reply 9 de June de 2015

    Felizes são as pessoas que têm você na vida e no coração. ConsuELO nos uniu e ninguém mais vai nos separar. Beijos meu Cacho querido.

      Cassiano Cacho Soares Lopes
      Reply 9 de June de 2015

      Lindeza querida, obrigado pelo carinho e estamos grudados para sempre agora! Bjocas com sabor de pinhão!

Maria Vilma
Reply 8 de June de 2015

Cheguei, gente!!! Hahaha… Muuuuuiiiito boooommm!!
Estive por esses dias sem computador...Não estava funcionando... Acho que está sofrendo de obsolescência aguda (!?!)...Rsrsrs
Muitas postagens lindas acumuladas... como este belíssimo post, Consuelo, que para mim, é um verdadeiro manifesto pela humanização que me faz sentido... em que vc e o Salotto questionam magnificamente e até perturbadoramente as fronteiras seguras em que pretendemos aprisionar a liberdade de ser e de estar... nossa e do outro...
Como aprendo com todos vcs.
Afinal, o que faremos ou seremos se não considerarmos e aceitarmos as singularidades?...
Obrigada a vc e ao Salotto!!!
MaVi
PS: Vc arrasou com este biquine de bolinhas...!!!

    Andreia Mota
    Reply 9 de June de 2015

    Amorrrrr, eu estava aqui aperreada de saudade dos seus comentários!!!! Te amo mana. Cheiros pra ti minha bichinha querida ;)

carol vinagre
Reply 10 de June de 2015

Que post lindo! Tudo na vida é a permissão que a gente dá ou não pra gente, não é mesmo?! Adorei as palavras Consuelo! e seu blog está lindao com o novo layout! :)

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *