O que aprendi no Web Summit de Lisboa!!


Parte da vantagem de viver vários anos é o privilégio de presenciar mudanças.  Quando você repara que algo mudou no comportamento coletivo… que o mundo está dando uma guinada.

Em Lisboa semana passada no Web Summit, considerado o maior convenho de tecnologia mundial, senti um destes momentos.  Pelos corredores vi nerds/geeks/techies que após uns dez anos de estímulo e prosperidade exibiam sorrisos no rosto, roupa passada, óculos de design, cabelo bem cortado, pele tratada e corada!  Não mais os semi-zombies que não viam a luz do sol, e sim os novos donos do mundo!

Vejam só o novo #NerdStyle

E por que não me incluir entre as nerds junto com a amiga fera, Eliane Cury Nahas do site Dominique.com.br

Comentei com minha mãe pelo WhatsApp.  Exprimi a surpresa de sentir uma vitalidade nesse grupo que não sinto há tempo nas semanas de moda.  Que ao invés de forçar uma personalidade colorida para os fotógrafos de lifestyle, esta gente é estilosa por si só, sem esforço.  Todos com empregos e entusiasmo para desvendar o novo.  Não sem falta de desafios, eu sei, mas com vitalidade.  Ela os chamou de “nova elite!”

O Summit é um espaço enorme onde com palestras de 15 a 30 minutos, stands onde start-ups mostram sua magia, um concurso onde estas podem pitch a sua idéia, lounges dos grandes (Googles e outros) e patrocinadores, tudo é um business.  Acredito que por esta razão fazem centenas de palestras para cobrir vários argumentos apetitosos a um público maior.  O ingresso é bem salgado.

A super Youtubber Jenna Marbles diz que as plataformas de video live estão ganhando muita importância.

Corri de uma à outra palestra após sinalizar no aplicativo as que mais queria ver…  E no final anotei os pontos que achei mais interessantes.  Abaixo…

  • Futuro da educação será o blended learning, ou seja a combinação de aulas tradicionais com aquela pela internet.
  • “Care is the new Marketing!”  Muitas companhias não vêem que já estão conectadas com o seu consumidor e gastam grande parte do orçamento de publicidade em buscar novos consumidores ao invés de investir em serviço de atendimento ao consumidor e cementar o relacionamento.
  • Produza o conteúdo para o seguidor, não para o cliente/patrocinador!!!
  • O conteúdo tem que ser diferente para cada plataforma
  • É mais importante que o conteúdo seja autêntico do que ele ser super produzido.  Mas não pode dar mão da qualidade

    Uma discussão de quanto a editoria é uma marca

  • Os desfiles de moda podem eventualmente serem substituídos pela tecnologia chamada de AR (augmented reality) onde você pode praticamente ver em 360 graus e sentir as peças.  Mas o valor da interação com a elite da moda nos desfiles, é insubstituível, especialmente para marcas menores
  • E-commerce: muito interessante como os e-commerce de maior sucesso usam as plataformas digitais para distribuir a informação de seus produtos.  A Matches por exemplo incentiva seus clientes a se fotografarem com um produto que compraram no site.  O insta da “loja” daí regrama as melhores fotos e fazem de cada cliente um mini-influencer 
  • Suzy Menkes, editora internacional da Vogue online, define o influencer: “No melhor dos casos, alguém que é estiloso, envolvido no mundo da moda, usa bem a tecnologia e diz algo de inteligente.”
  • Continua dizendo que a tecnologia é um “democratizador” e vai devorar as idéias velhas.
  • Tecidos técnicos imitam genéticamente a natureza.  Hoje pode-se criar couro ou teia de aranha em laboratórios que são geneticamente o mesmo produto, mas pode ser manipulado para melhor servir a sua finalidade.   Acima um vestido feito de seda de aranha.

E no último dia dois convidados especiais…

Caitlyn Jenner que falou sobre “quem define o gênero?”

E Al Gore que falou com entusiasmo sobre “o papel da comunidade inovadora na resolução da crise climática”  Foi emocionante!  Lotou tanto o auditório que tivemos que sentar fora e assistir no telão.

Ele terminou com essa frase magnífica!

Encontrei também uma seguidora de velha data, a querida Marina!

E aqui estão os stories do evento

1º dia

Se não abrir, por favor cliquem AQUI

2º dia

Se não abrir, por favor cliquem AQUI

O que vocês acham?  Estou ansiosa pelos comentários!
Quarta a mala de mão de 8 quilos com a qual me vesti por 4 dias!  E um pouco do que conheci de Lisboa!

SaveSave

YOU MIGHT ALSO LIKE

Portugal!! Apaixonante!!
July 06, 2018
Dicas de Lisboa!
November 17, 2017