Rem Koolhaas

Rem Koolhaas presents in Florence his concept of Cronocaos.  A paradox where time and space have reached its limit in renovation.  Before 1880, restoration of building did not exist.  Surprisingly today, before a project is finished, thoughts on how to restore it are taken into consideration.  He also argues for maintaining, in certain cases, the structure as it is and just inserting the new, as if they were scars of time…

————————————

Na sexta feira, fui assistir uma conferência com o arquiteto Rem Koolhaas sobre preservação de prédios antigos.  Na Europa é raro que se possa construir novos espaços, destruir ou modificar velhos.  Não pode-se nem abrir uma janela nova ou mudar a cor da casa.  Tudo para preservar o patrimônio.

Koolhaas é conhecido principalmente por sua colaboração com Prada e pela construção do prédio da CCTV em Beijing, uma obra que dizem desafiar a gravidade.  Suas obras são sempre intelectuais além de deslumbrantes, na minha opinião.  Elas refletem com eficácia este holandês magro, alto e com uma arrogante timidez.

Na sua palestra ele apresenta vários paradoxos:

- Cronocaos, a metáfora da preservação: até o fim de 1800 não se restauravam prédios.  Desde que esse processo começou, o relacionamento entre o espaço e o tempo em que algo é restaurado, chegou ao limite em 2007 (cálculo do estudo feito pelo seu escritório, OMA).  Hoje, ele diz, mesmo antes de terminar uma obra, já se pensa em como restaurá-la.

- o equilíbrio entre autêntico e restaurado: quando deve-se deixar algo, mesmo se em ruinas, e só inserir o novo, sem restaurar.  Gosto desse conceito.  Acho que pode ser muito mais interessante às vezes que um restauro aonde tudo parece novo.  Como rugas e cicatrizes são troféus do tempo, um prédio tem a sua história.  Porque apagá-la?

- arquitetura é limitada à função.  Arte não.

Bacana!!!!

O próprio, Rem Koolhaas.

Rendering da torre da televisão chinesa, CCTV, em Beijing. Este prédio desafia a gravidade, como construções em videogames.

Loja da Prada no SOHO em Nova Iorque.

Sede da fundação Prada em Milão. Espaço nu que reflete a filosofia do arquiteto de manter a condição atual de uma estrutura...

...onde poder inserir o moderno...

Todos os desfiles da prada são neste espaço com interferências do escritório de Koolhaas,OMA. Este da Primavera/Verão 2009

Primavera/Verão 2010

Outono/Inverno 2007

Outono/Inverno 2006

O último desfile, Primavera/Verão 2011

Clique aqui para o post do showroom da Prada desta estação.

Sapato com design de Koolhaas para United Nude Shoes

Perguntei a Koolhaas o que pensa de Florença. Não respondeu, dizendo "escolho não responder se não fiz um estudo." O público bateu palmas e eu fiquei incabulada. Não entendi... Ele riu e disse que foi a primeira vez que foi aplaudido por não responder a uma pergunta... (Gente, mas digam a verdade, como diz a minha mãe, mais vale um bom corte de cabelo do que 4 pares de sapatos novos!)

Um dos slides da apresentação com a filosofia do pensamento de Koolhaas.

Did you like this? Share it:
This entry was posted in Ecletic. Bookmark the permalink.

20 Responses to Rem Koolhaas

  1. Rosaly B. says:

    Única a dele, brilhante a sabedoria que produz espetáculos – em forma de prédios, reconstruções, ou simplesmente, sapatos. Rem Koolhaas é singularmente brilhante.
    Aquele que faz diferença nos que refletem simplesmente o conhecimento massivo da arquitetura e design, que produz belas formas, mas nada único. Adorei a loja da Prada no Soho de New York. Perigoso é entrar e ficar só olhando paredes, tetos, formas da arquitetura, e esquecer o que dona Miucia (Prada) criou. Rs… Adorei a sandália também. Espero que, ali, não seja só design para se observar.

  2. Rosaly B. says:

    Sobre sua pergunta a Rem: ser repórter tem alguns pequenos inconvenientes, rs, de não ter perguntas às vezes básicas e simples respondidas (não foi você, foi a a inteligência dele que é complexa). O problema é quando o repórter não se contenta com meras perguntas e meras respostas, e sabe que sua pergunta vai incomodar (e muito) – daí, espera-se tudo, é, o inesperado. Elegância? Fica escondida debaixo da cadeira (risos)… Pergunte, sim, sempre, até obter uma resposta, e não se incomode em perguntar de novo, ou de outra maneira, kkk. Muito bem vestida, elegante, cheguei a segurar (delicadamente, rs) no braço de um famoso cantor americano que estava se dirigindo ao carro que o levaria para o hotel, depois de um show, para conseguir ter minha pergunta respondida (rs). Bem, isso, eu não aconselho,rss, mas se estiver de Prada ou Versace, ninguém vai te prender. Bjs!

  3. Mia says:

    Orgulhei-me de você, Consuelo, e por que não perguntar?
    Pouco conheço da figura, alguma coisa da obra, sim, não dá para negar a genialidade.
    Agora, pela não resposta que lhe foi dada, sobretudo, pela forma como a resposta chegou até você, achei muito polida sua avaliação, “arrogante timidez”.É muito mais que isso, of course!
    A conferência num espaço tão moderno, em Florença, onde foi? Fiquei curiosa.
    Sobre a sandália, sabe me dizer de que material ela é feita? Gostei.
    Sobre a natureza informativa do post, nota 10, boneca!
    BJK

    • consueloblog says:

      Oi Mia, a conferência foi em prédios apenas contruídos na perifería de Florença. É um bonito espaço que faltava em Florença e faz parte de toda uma renovação da área que também vai comportar o novo tribunal com uma arquitetura muito diferente para a cidade. Hmmm, boa idéia para um post.
      A sandália é de couro e a United Nude shoes é uma colaboração do Koolhaas com Galahad Clark para fazerem sapatos com inspiração no design. O site bem bonito é http://www.unitednude.com/.
      Obrigada pela coragem…e que bom que vc gostou do post, eu também! ;-)
      bjs

  4. certamente um gênio da arquitetura, mas porque não responder de modo empírico o que pensa de Firenze, uma das cidades mais esplêndidas do mundo??? Precisa de um estudo para dizer o que sente, o que pensa, o que acha…? eu, hein, perdeu pontos comigo…
    Mas está de parabéns em ter perguntado, são perguntas simples como essas que revelam a verdadeira persona do entrevistado.
    Adorei o post. As usual! :)

    • consueloblog says:

      Na verdade, entendi que ele não quis se expor sem ter estudado o problema. O que acho é que ele divia estar pronto com alguma resposta, mesmo se diplomática…
      Que bom que você gostou do post, também achei bacana. Às vezes entendo o conceito só após condensá-lo aqui no blog…legal, né? E obrigada por estar do meu lado!
      Abraço,
      C

  5. Helena says:

    amei o post, as fotos. Adoro quando entro em um site de moda e leio sobre outros temas, mas que não deixam de estar relacionados.

  6. suelly colonna romano says:

    Adorei os sapatos da United Nude.Dica super registrada.Obrigada.

  7. Pingback: Florens 2010 | moda, estilo e afins por Consuelo Blocker

  8. Ivo Viana says:

    Amei o post! Já vivemos tão imersos nessa onda de restauração que nem tinha pensado em como isso é um conceito novo. Ele não te deu uma resposta, mas mais uma vez te agradeço por ter me dado algumas. Primeiro, eu não sabia que esse sapato tinha sido criado por ele. Eu fiz uma entrevista de emprego com o pessoal da United Nude e citei exatamente essa sandália. Eles não falaram nada sobre Rem Koolhaas… E segundo, caiu a ficha do porque desse salão vazio da Prada. Tbm fui fazer uma entrevista lá e foi meio assustador atravessar esse salão vazio, decadente e como era Dezembro, vc pode imaginar o frio que fazia em Milano… ainda mais lá dentro. Eu como cearense que sou, me senti cruzando o Pólo Norte. Não sabia que é um espaço para os desfiles, achei bem estranho mesmo ter aquele espaço todo vazio… agora tá respondido!!! Bjs,

  9. Pingback: Farmácia Santa Maria Novella | moda, estilo e afins por Consuelo Blocker

  10. maria says:

    Consuelo,não entendi.Este genial arquit.foi dar uma conferencia em Florença e não tinha nada a dizer sobre a cidade q o recebeu?Not polite.
    Socorro!
    bj
    Maria

    • consueloblog says:

      My thoughts exactly!!! Achei estranho, mas da onde ele vem acho que o cérebro congela…rs. Na verdade acho que ele não quis se expor já que tinham vários políticos na audiência…mas fiquei com cara de tasho (é assim que escreve?)…
      De qualquer jeito, o resto que disse era muito interessante…
      Bjaço,
      c

  11. Dany Paiva says:

    hehehe estranho ele não responder … bom mas cada um tem seu pensamento!
    Sou arquiteta fui a Firenze, e não estudei nada de lá, mas com dois dias que fiquei, tive uma “primeira impessão”! Agora se ele não conhece a cidade, poderia dizer, que não conhecia!
    Obrigada mais uma vez pelas imagens lindas dos projetos.
    Beijos

    • consueloblog says:

      Conhecia sim. Até mencionou. Mas não havia nada de inteligente a dizer, então ficou quieto…foi mais uma de espertinho…bjs

  12. Pingback: Semana de Moda de Milão – Inverno 2012/3, Prada | moda, estilo e afins por Consuelo Blocker

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>