Tesouros da coleção Al Thani de joias indianas incríveis!


Bejewelled_Treasures_Banner2Quando estou em Londres sempre gosto de ir aos museus, especialmente o Victoria & Albert que, além de lindo, sempre tem alguma exposição interessante.  Desta vez foi a Bejewelled Treasures: The Al Thani Collection . (21 Novembro 2015 – 10 Abril 2016.) Uma apresentação de joias indianas incríveis do início do século XVII a hoje mostrando como a Europa foi influenciada pela técnica e estética indiana e vice-versa.   Até a rainha emprestou três peças à exposição que ajudam a ilustrar.

Unknown-2 Unknown dscn1019 Unknown-1 contemporary

Os marajás sempre amaram e ostentaram jóias.  É lógico que para mostrar seu poder e opulência, mas, apesar do excesso, a beleza e elegância de suas pérolas e joias é inquestionável!

2012-03-12-AAMMaharaja741

Adoro essa fartura, acho belíssimo!

transition Unknown-11

O fato que diamantes, rubis e safiras se encontravam em suas terras (esmeraldas vinham da américa do sul depois do século XVI), os davam o direito e a oportunidade de ter a disposição algumas das pedras mais importantes do mundo!

Na exposição do V&A existem peças com uma quantidade de pedras enormes impressionantes e também algumas pedras históricas.

Bejewelled_Treasures_Victoria_and_Albert_Museum_London_Adorn-Jewellery-Blog-6 Bejewelled+Treasures

As decorações dos turbantes eram muito importante e magníficas.  Haviam plumas ou as imitavam.

althani_promo1

14

O esmalte é uma técnica que os indianos dominaram por muito tempo.

O esmalte é uma técnica que os indianos dominaram por muito tempo que provavelmente aprenderam dos europeus.

Turban-Ornament-Jigha-Front-and-back-North-India-Mughal-1675-1750-Gold-set-with-spinel-diamonds

Enamelling from Victoria and Albert Museum on Vimeo.

As pedras com corte indiano são fáceis de reconhecer.  São mais brutas e menos profundas.  O brilho é bem inferior.  A técnica do corte foi uma das coisas que depois os indianos adotaram do ocidente.

1 Unknown-6 Unknown-3

Para dar a ilusão de maior profundidade aos diamantes, folheavam a parte de trás das pedras.

Para dar a ilusão de maior profundidade aos diamantes, folheavam a parte de trás das pedras grandes e as montavam mais “altas”.

al-thani-banner

O método de “embutir” as pedras, é único à Índia.  Funciona bem para poder unir pedras de tamanhos e formas diferentes em um design complexo.  É uma técnica que funciona com o corte indiano.  Já as pedras lapidadas ocidentais necessitam mais “ar” para que possam brilhar!

Unknown-5

Kundan Setting from Victoria and Albert Museum on Vimeo.

Na exposição também estão presentes estas duas peças do trono destruído de Tipu Sultão de Mysore.

Gold-finial-from-Tipu-Sultans-throne-1790-1800-Mysore-South-India-The-Al-Thani-Collection-c 2

Outras peças magníficas da expo

Essa é uma peça incrível. Não adoro o design, mas a cor da esmeralda ao vivo é incrível. Ela esta sobre uma pedra branca e segurada por um cristal de rocha puríssimo transparente ao redor.

Essa é uma peça incrível. Não adoro o design que lembra a arquitetura Mughal, mas a cor da esmeralda ao vivo é incrível. Ela está sobre uma ágata e incrustada por um cristal de rocha puríssimo transparente ao seu redor.

Bejewelled_Treasures-al-thani

Estas espadas são peças cerimoniais.

Unknown-10 b3895622f480742e60972140b3d718bf bejewelled-301115-03

Bejewelled_Treasures_Installation_View_c_Victoria_and_Albert_Museum_London_8

Com a vinda de mais ocidentais à Índia, especialmente com a colonização inglesa desde a metade de 1800, e mais tarde com Indianos que vinham à Europa e compravam joias de grandes joalheiros franceses e ingleses, as informações estéticas começaram a se amalgamar.

Vejam só estas peças abaixo do início do século XX, durante o período da Art Deco,  como maison de jóias importantes da Europa se influenciaram pela estética indiana.

Copy-of-IMG_6697

O azul e verde era raramente usado no início do século na Europa.

O azul e verde era raramente usado no início do século na Europa.

107707599

Uma peça mais recente

Uma peça mais recente

É tudo de tirar o fôlego, não?

Não era permitido tirar fotos, portanto estas imagens eu tirei do site do museu.

Did you like this? Share it:

YOU MIGHT ALSO LIKE

Show gastronômico! 5 lugares que amei para comer em Londres
July 20, 2017
dicas de londres
3 Dicas de Londres: O que mais gostamos nessa viagem de 3 gerações!!
July 12, 2017
o que fazer em Londres
O que fazer em Londres
August 26, 2016
Restaurante em Londres, OXO Tower
July 12, 2016
Serpentine Summer Pavilion 2016
July 11, 2016
Bremont, quando o luxo é intrínseco.
February 04, 2016
“To the Ritz, please!”
February 03, 2016
Passeando por Londres
February 01, 2016
Mala para Londres no Inverno de Janeiro
January 28, 2016

28 Comments

fatimia
Reply 2 de February de 2016

o que sera que a kate vai usar na visita oficial na primavera?? hmmm

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    Tem visita oficial ao museu ou à Índia?! Ela tem escolha, né? E muito estilo!
    bjs
    c

Andrea - Curitiba
Reply 2 de February de 2016

Eu amoooooooo joias, eh meu fraco, bem como era o de mamae....E o povo indiano eh maravilhoso, o jeito que eles as usam ( ou usavam, os marajas) eh de uma elegancia e ao mesmo tempo originalidade impar! Quanta beleza vc viu e nos mostrou!! Que outra blog mostra isso...????? Viva CB!! Viva o salotto!!!!!!!!!!! Bjs.......

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    Vc é imbatível!! Obrigada querida! bjs c

Angela Motta
Reply 2 de February de 2016

Que maravilha!! Qdo fui p a Índia, fiquei enlouquecida com as joias! E a lapidação deles é realmente bruta, diferente!! E os cabouchons de pirar!! Lindíssima essa expo, Consu! Amei! Bjs

Karoline Fernandes
Reply 2 de February de 2016

Também gosto muito de jóias e à recém descobri que quem usa brincos grandes está sendo protegido contra energias ruins (muito bom saber disso!) Estas da exposição são divinamente lindas e carrega-se toda uma história por trás de tudo isso!!! Realmente eu adorei!

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    Bom saber! bjs c

Claudia Mara Honesko
Reply 2 de February de 2016

Consu querida as peças são magníficas! Gosto de joias mas apenas para aprecia-Las como arte pois, gosto de peças grandes e como essas peças são para pouquíssimos bolsos, fico com as semijoias e bijoux! Apesar de ter joias, estão todas guardadas e as uso muito pouco! Mas sempre apreciei a joalheria! Essa exposição é lindíssima!! 😊😘

Mia Athayde
Reply 3 de February de 2016

Noooossssaaaaa !!!!
Que espetáculo!!!!!
Joias são adornos, informam estatus, poder, seduzem, embelezam e criam mitos ... fazem sonhar ...
Gosto especialmente de três estilos delas _ as etruscas, as indianas antigas e as do período da art deco com lapidação baguete.
Vc nos deu um presente muito especial com este post!
A exposição deve estar mesmo deslumbrante !
Muitooooo obrigada !!!
bj

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    Bom gosto, hein?!!
    bjs
    c

Cassiano Soares Lopes
Reply 3 de February de 2016

Wow! Exposição mara! Deslumbrante como já disse a Mia acima. Esse é um tipo de exposição que me agrada muito. Bjocas amada!

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    A mim também ;-) bjs c

Andreia Mota
Reply 3 de February de 2016

Wow2!!!
Cinderela super ativada com as imagens, risos!
Sinto falta deste tipo de exposição aqui no BR, nunca vi de perto, mas mesmo assim estou muito feliz porque você nos presenteou com este post MA-RA-VI-LHO-SO. Beijos Diva, beijos Salotto.

    Andreia Mota
    Reply 3 de February de 2016

    ps. Bingo nos links, certinho! Rssss. Bjs

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    Acho uma delícia sonhar com estas peças... é realmente uma paixão minha joias! bjs c

Miriam
Reply 3 de February de 2016

Sou apaixonada por jóias desde que minha mãe era revendedora da Begerson. Tivemos oportunidade de herdar muitas peças. Adorei seu post.

    consueloblog
    Reply 3 de February de 2016

    É quase mágico quando se herda uma jóia, não? Pois tem muito a ver com o estilo da pessoa que nos deixou as peças... Eu adoro carregar as peças que minha avó nos deixou. bjs c

maria valéria de moraes
Reply 3 de February de 2016

Deslumbrante, vou compartilhar

Marcella Cardoso V G
Reply 3 de February de 2016

Adorei! nao vejo a hora de conhecer!

Marcella Cardoso :)

Ana Laura Dimas de Freitas Rabelo
Reply 3 de February de 2016

Acho um deslumbre! Amo jóias de época e exóticas. A terceira peça de baixo para cima é de uma beleza indescritível!
De tirar o fôlego!
Há nuances da Índia pouco exploradas, é um universo muito mais rico do que imaginamos, principalmente quanto à inserção do Império Britânico na sua história.
Adorei!

bjs,

AL

    Denise Luna
    Reply 3 de February de 2016

    AL, só tenho pena da pobreza que impera por lá....
    Bjs

Jovita Agra
Reply 3 de February de 2016

Acho interessantíssimo exposições como esta. Principalmente na Inglaterra já que por muito tempo foram os donos da Índia e deixaram um legado enorme com influencias até os dias atuais. Fotos belíssimas. Super valeu este post, Consuelo. Bjos.

Sylvia Rodrigues
Reply 3 de February de 2016

Muito bom seu post! Vídeos excelentes.Grata!

Denise Luna
Reply 3 de February de 2016

Que post maravilhoso!!!!!! Que mundo tão diferente e mágico que você nos apresentou.
Vida de marajá é outra coisa....kkkk
Obrigada, querida, por nos mostrar essas lindezas!

Mar
Reply 4 de February de 2016

Adoro esta joalheria artesanal, este trabalho manual chega até os dias de hj,e é fácil identificar este estilo indiano encantador! Eles não tinham a técnica sofisticada dos ourives europeus, mas a riqueza de materiais nobres, o gosto por peças grandes e as combinações cromáticas nos conquistam. As gemas atraem pelas cores e composições, não tem muito brilho pq não foram facetadas na lapidação...
Bjks

    consueloblog
    Reply 4 de February de 2016

    isso!! bjs c

Carla Saddi
Reply 8 de March de 2016

Lindo demais, obrigada por compartilhar!!

    consueloblog
    Reply 9 de March de 2016

    Lindo mesmo! bjs c

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *