Meu aniversário e as resoluções para 2018!


Nossa foto oficial do Natal de 2017 (não percam a outra abaixo)

Hoje é meu aniversário, dia 4 de janeiro.  E a frase “What a difference a day makes…” (que diferença faz um dia) logo me vem em mente.  Sendo que o tempo existe mas as horas, meses, dias são invenções humanas, qual a importância do tic tac de 24 horas?…  Especialmente considerando que apenas 72 (horas) antes, um segundo definiu o ano.  Qual o peso disto tudo?  A mim é a chance de (re) organizar as resoluções para 2018!  Acertar a rota estabelecida no início do ano passado que desviou durante seu andar.  Uma oportunidade de me conceder uma direção atualizada!

Se não abrir, por favor clique AQUI.

E o que nos faz merecer o +1 a cada ano?!  Por que hoje mereço ter 54 anos?  Ao meu ver é o experienciar, o se expor, o amar, o errar.  O se cuidar, o exercitar, o escutar.  O se conectar, o se isolar, o pensar.  O raciocinar, o trocar ideias, o escrever, o ler.  O parar para ponderar, o mudar de ideia, o aprender.  O viver.  O viver bem.  O viver equilibrado!

Para mim, viver é uma responsabilidade e um privilégio.  E nisto entra o envelhecer, o acumular de experiências, momentos e sabedoria que se reflete em um corpo vivido!  Uma patina que pode ser linda.  Só depende de nós, de como nos respeitamos e como nos tratamos!

Mas todas essas boa intenções, podem se espatifar quando os nossos demônios assumem o controle.  Eu tenho dois.  E esses influenciam grande parte da minha vida.  Com eles me saboto a cada dia e contra eles luto… sim, diariamente.

São:

  1. Comer e beber compulsivamente
  2. Procrastinar, ou melhor, não organizar o meu tempo direito.

 

Não gosto de cozinhar, mas comer sim.  E o que é comer sem beber?  Muitas vezes compulsivamente… sem pensar…  tipo assistindo a um filme.   E as calorias vão se acumulando.  Resultado? Regime… De novo!!  Toda a minha vida sempre foi esse vai e vem com a balança.  Como digo, já perdi centenas de quilos!  É cíclico… ganho e perco… E quanto sonho de conseguir controlar… equilibrar essa gangorra.  Vejo o Roberto.  Para ele é natural.  Quando ele esta saciado, para de comer… Eu não tenho essa bússola…

O que me leva ao meu segundo problema… procrastinar.  Outra bússola completamente desorientada!  Toda a noite faço uma lista mental do que farei no dia seguinte.  Organizo cada hora!!  Daí acordo, pego no celular e começo a patinar no Instagram, no WhatsApp, nas notícias, nas palavras cruzadas… quando olho já são quase 1 da tarde e ainda nem comi!  Dalí até me arrumar, comer algo, responder a emails e comentários, telefonemas, fazer o post, etc.,  já é hora de sair para caminhar e depois jantar com a família e puff!!  Terminou o dia e não consegui fazer dezenas de coisas na minha lista!  Uma frustração infinita!  Especialmente os projetos grandes que são muito importantes neste momento, o livro e o guia de Florença!  E às vezes, de noite, tenho que voltar a trabalhar ao invés de desestressar com quem amo e finalizar o dia sossegada…

Pois então, é agora, nesse início do calendário e do meu ano que tento criar uma “lista-chefe”!  Aquela para seguir à risca na tentativa de ser uma pessoa melhor.  Será?!

Antes de começar porém, fui ler as resoluções do ano passado (AQUI) para entender onde me encontrava um ano atrás e me surpreendo ao ver que várias resoluções posso dar um “check”!  Estas foram:

  • rio mais
  • vejo as coisas de forma positiva (dando o valor certo e ponderado a tudo que assisto no Instagram)
  • dou valor às coisas importantes da vida
  • estudei e apostei no que é melhor para mim profissionalmente, e estou contente com o resultado
  • protejo meus filhos, seus futuros e felicidades, tentando respeitar suas independências
  • ligo mais para meus pais (mas ainda posso melhorar) e conecto mais com minhas irmãs
  • amo com paixão o “meu” Roberto
  • agradeço por cada dia

Wow!  Me fez um bem danado reler a lista!  Não tinha idéia que tantos objetivos haviam sido conquistados!

E para esse ano?!!!!   Me sugeriram pequenos passos para que assim ficasse mais fácil manter as resoluções…  Então aqui vão:

  • Não comer assistindo a televisão
  • Determinar quantas horas, e a que horas, ficar no Instagram e outras mídias sociais
  • Dormir mais cedo

 

Assim espero controlar melhor meus demônios, desestressar, ser mais produtiva, saudável e me disciplinar.

Mas restam alguns desejos que não posso deixar de adicionar!  Estes são…

  • rir ainda mais
  • dançar ainda mais
  • e chorar… especialmente de ALEGRIA!

Feliz 2018!!

A frustração enquanto eu arrumava a câmera para a foto oficial… hahahaha!

PS: E aqui vão os posts de 2015, 2016 e 2017… É sempre interessante ver o quanto se muda!

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSave

SaveSaveSaveSave

YOU MIGHT ALSO LIKE

Refletindo sobre o pós ninho vazio…
June 22, 2018
O Grito do Silêncio: Uma daquela minhas cartas…
June 04, 2018
Bate-papo com o site Vem que a Gente Explica! 6 amigas com muita História pra compartilhar!
May 25, 2018
Lilian Pacce com candor!
May 03, 2018
menopausa
Cara Menopausa,
March 12, 2018
Como seria a vida se tivesse certeza que tudo daria certo?
February 14, 2018
“Quebrando tabus!!” Eu na Claudia!!
February 05, 2018
encontrar um estilo
Como encontrar um estilo?
February 02, 2018
Falando sobre se reencontrar depois dos… (preencha o teu número!) Evento Dominique!
January 24, 2018