Qual a importância do handmade no mundo da moda? Pergunta a revista Crochê!


1932187_880333168659622_1058741239_n

Uma pergunta importante!  Aliás, o que significa handmade hoje?  É luxo?  É artesanato?  É raro?  O que é?…

handmade 10156935_898333350192937_1341335450_n

YOU MIGHT ALSO LIKE

Moda e Autoestima para a Voluptuosa!!
August 09, 2017
Nossos looks da viagem a Londres, três gerações!
July 05, 2017
Palazzo Pitti: O Museu Efêmero da Moda: Efêmero e Maravilha
June 14, 2017
O estilo de cada first lady americana nos últimos anos…
January 20, 2017
A Moda de hoje, por Costanza Pascolato e Consuelo Blocker (euzinha)
November 21, 2016
As minhas 10 peças must para este verão!
November 11, 2016
A importância da revolução Burberry…
September 20, 2016
As melhores escolas de moda do mundo!
August 25, 2016
5 truques que uso para modernizar o look!
August 01, 2016

20 Comments

Maria Vilma
Reply 31 de March de 2014

Bom dia, bom dia, bom dia!!!!
Consu, não sou especialista... mas eu penso que a importância do trabalho manual
e do artesanato é a importância da própria vida do homem. Afinal, o mundo humano
foi feito à mão.... E a riqueza do artesanato também é impressionante. São muitas técnicas, muitas matérias primas, e ao mesmo tempo muitos campos de significado, muitos contextos em que esses objetos estão inseridos, inclusive na moda.
Bjs, MaVi

Dulce
Reply 31 de March de 2014

Vejo com muita alegria este movimento que principalmente nós mulheres estamos iniciando! Ou melhor, retornando. O assunto de valorizar e fazer algo com as mãos seja, bordado, cozinhar, plantar etc já encontramos em algumas rodas de bate papo. Está deixando de ser cafona, out... Acredito que este movimento venha da necessidade de fazer algo para nós mesmos, de pararmos um pouco e desconectarmos da rapidez do mundo industrial. Li tempos atrás um artigo no qual falava sobre a importância e influencia em nossa saúde mental, o uso das mãos para produzir algo. Este ato ficou restrito somente a terapias alternativas, assim mesmo vistas com viés pouco confiáveis. Como ação do nosso cotidiano, o uso das mãos p produzir algo deixou de existir. Ver ressurgir este movimento é uma esperança de encontro cada vez maior com a nossa porção humana. Tomara que vá pra frente e vire moda, para cada vez mais tornarmos gente! Axé, Dulce

Dulce
Reply 31 de March de 2014

Não sei se por vicio de profissão, tenho formação em economia, a resposta de Costanza me faz lembrar que a maioria das mudanças passam pelo econômico. Fico a me perguntar se toda esta valorização do artesanal não tem haver com a necessidade de obter menor custos de produção, já que fazer parcerias com comunidades carentes é bem mais barato do que arcar com custos de uma empresa. Principalmente porque esta onda que ora se apresenta, chegou quando não mais se admite contratar empresas que não estão com a mão de obra legalizada e respeito as condições humanas na prestação de trabalho. Vamos lembrar, que a mão de obra "escrava" chinesa, indiana etc, alimentaram margens de lucros muito, muito distante do custo de produção de várias empresas. Como ela afirma, este assunto dá pano pra manga! Tenho a esperança que encontraremos o equilíbrio! Mais uma vez, Salve o Equilíbrio!

Dulce
Reply 31 de March de 2014

E por falar nisto, vcs viram a coleção de Vivienne Westwood inspirada e feita por tribos peruana? Linda! Como vcs pode deduzir, este assunto me anima muito! Adoro artesanato! Axé, Dulce

Dulce
Reply 31 de March de 2014

Garotinhas... Kd vocês? Saiam da toca... Acorda Meninas! Eu e Maria Vilma estamos carentes... Sacode a poeira... Bota a boca no trombone... Axé!

    Maria Vilma
    Reply 31 de March de 2014

    Boooaaaa... Dulcíssima!!!!
    Kd vcs, garotas...??? (adoro... uma campanha...hahaha...!).
    Consuelo se esmera, publica os assuntos mais variados (para nos agradar)...
    e aí?!?... Tem que dar o ar de suas graças, oras...!
    Ah!... Dulce, vc me meteu no meio, agora aguente! Ahaha...Vou aproveitar
    o ensejo.... Amigas(os) do Salotto, precisamos prestigiar os parceiros
    da Consuelo também (se é que vcs me entendem...)!
    Queridas(os)!... Que fique bem claro, que a Consuelo não me pediu para
    fazer isso, não. Mas carinho é uma via de mão dupla...
    Vamos gente...! Vamos movimentar o CBlog...!!!!! Ahahaha...
    Dulceeeee.... Adorei!!!!!
    Bjs, MaVi

      Adrianne
      Reply 1 de April de 2014

      Por conta das correrias da vida, meu bom dia virou boa noite e rolando para o amanhecer... mas os beijos seguem cheios de carinho para voces, garotas do meu coracao!!!!!!!!!!!!!!

        Maria Vilma
        Reply 1 de April de 2014

        Ah...! Menos mal... Pensei que tivesse acontecido
        algum acidente com as suas asas... meu anjo!
        Bjs, maVi

          Adrianne
          2 de April de 2014

          MaVi , minha doce querida, as asas do anjinho foram aparadas bem rente, mas o bicho eh fogo e sai voando mesmo assim...Hahahaha gostei muito. Beijao grandao e abraço bem apertado da Dri

teresa
Reply 31 de March de 2014

Artesanato textil (genérico, já que tricô e crochê são palavras importadas e há outras tantas modalidades) é manifestação cultural, e como tal deve ser valorizado, preservado e se possível, inovado. Aqui e em vários lugares do mundo, designers são parceiros de comunidades, quase sempre de mulheres que aprenderam com sua mães e avós aquele ofício, e que são orientadas a se organizar, produzir melhor e com mais qualidade, valorizar suas horas de trabalho e com isso conquistar novos mercados. Como em tudo no nosso mundo há brechas para aproveitadores, mas com informação, cada vez é maior o numero de comunidades que melhora. Sempre que viajo, é isso que procuro trazer, trabalho local. Além de tudo, pra quem gosta e conquista habilidade é uma tremenda terapia!!!! bjs e boa semana pra todos.

Maria Vilma
Reply 31 de March de 2014

A propósito... Informo que este não é um momento mimimi-mémémé
(meu e da Dulce...), mas há muitas maneiras de dizer: nós amamos vocês!... E esta
é apenas uma delas.
“Anônimooooooossss....” Serve para vcs também!
Um longo abraço coletivo!!!!

Laíse
Reply 31 de March de 2014

Consu,
Bem a propósito, sobre o assunto "handmade", gostaria que você emitisse sua opinião sobre os belíssimos bordados de minha amada cidade de Caicó, que serão apresentados na SPFW através do estilista Wagner Kallieno. Cresci nessa cidade, onde os trabalhos artesanais em renda, cerâmica, bordados, se destacam pelo esmero. A culinária também é bastante destacada, a carne de sol, os queijos, os doces e biscoitos de Caicó também são famosos. Alguns estudiosos acreditam que a vinda de freiras européias para fundar um colégio, que inclusive tinha internato, onde minha mãe estudou e saiu para se casar, e onde eu também estudei, bem como a criação de um colégio com seminário para rapazes, onde lecionavam alguns padres europeus também, teve grande influência na formação dos jovens da região, conhecida como Seridó. Eu acredito também, pois tudo acaba passando pela educação, não é verdade? Bjs

Laíse
Reply 31 de March de 2014

Um abraço coletivo para o salotto, especialmente para MaVi que tão carinhosamente nos chamou a todos.

    Maria Vilma
    Reply 1 de April de 2014

    Oi, Laíse!... Rsss... É que eu sou uma criatura de comportamento
    gregário. Gosto de viver em bando...
    Para além de tudo, é muito bom encontrar todas vcs aqui, ler os
    comentários todos... concordar... discordar... por que não?!?! Claro...!
    Mas, sobretudo aprender. Muito!
    Um imenso abraço coletivo! (Ahaha...)
    MaVi

      Andreia Mota
      Reply 1 de April de 2014

      MaVi seu abraço chegou aqui no Rio!!!
      Dulce, adoro receber seu AXÉ carinhoso.
      Laíse, estou com você no abraço coletivo!!!!!

        Maria Vilma
        Reply 1 de April de 2014

        Ahahahahah...Yeeeaaaaahhhh...que...bom, Andreia!!!
        Para mim os abraços são especiais.
        Vamos ao abraço de grupo então...!!!

Laíse
Reply 1 de April de 2014

Uebaaa! Muito feliz aqui por ter participado de minha primeira conversa coletiva no Consuelo Blog. E o abraço continua rendendo. Valeu MaVi, valeu Andreia Mota. Bjs

    Maria Vilma
    Reply 2 de April de 2014

    Que bom, Laíse!
    Então, vamos criar abraços. Inaugurar abraços. Basta apenas que
    o abraço seja apertado... sincero.
    Abraçoooossss!!!!

Valeria Pantani
Reply 25 de April de 2014

Faço crochet desde os 7a de idade e já estou com 66a
O artesanato, em especial o crochet e tricô, cada peça feita é única é esclusiva e a maulher sempre gostou dessa exclusividade. Nada mais é mais desagradável para a mulher ir a qq evento e alguém ter uma roupa igual a dela.
E o crochet/tricô por mais que queiramos uma peça nunca sai igual a outra.
Tem também o fator social: muitas mulheres e agora também homens, por vários motivos não podem trabalhar fora de casa e o crochet/tricô, bordados para o vestuário poderá fornecer uma boa renda para muita gente. Eu mesma sou uma delas, estou com um problema sério de saúde, preciso fazer muito repouso, mas tenho as mãos livres para fazer muito crochet, tricô e bordados. Já faço isso, mas o retorno financeiro não é bom e com tanta gente importante no mundo da moda falando do artesanato nas
coleções será "muito ótimo", digo excelente. Já afirmo isso há muito tempo e já tentei enviar emails para vários estilistas sem resposta alguma. Quem sabe agora o que a Círculo está fazendo de bons resultados e outras empresas do ramo façam a mesma coisa. Ah muitas pessoas terão também uma renda dando aulas.
O artesanato abrange muita coisa, mas muita coisa deixamos de comprar mas vestuário não.
Valéria Pantani 11-26042195

    consueloblog
    Reply 25 de April de 2014

    Oi Valeria, obrigada por escrever. Por que vc n entra em contato com a revista Crochê? Eles certamente pode te direcionar!! bjs c

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *