Follow Me

Close
“Não acredito em bruxas, mas que elas existem, existem!”  Rssss… Desde pequena escuto esse ditado que tenta dar uma razão quando a lógica falha.  Vale para explicar o encontro incrível com Dominique, o espírito que define toda a mulher, e que fala mais alto após os 50…  Pois algum poder mágico ajudou a nos encontrarmos! Comecei […]
Continue Reading
Na minha opinião um dos melhores textos até agora da nossa querida e inspiradora Cris M. Zanferrari!!    Fico pasma com a clareza que ela passa um argumento.  Este do presentear é incrível!!   Toca lá embaixo, sabe?   Não sou boa de dar presentes, mas sinto que o brasileiro é muito generoso e adora! […]
Continue Reading
Semana passada neste post AQUI, falei da importância de ler no processo de encontrar a felicidade e seu valor. Ilustrei o post com lindas fotos de Steve McCurry retratando pessoas absorvidas na leitura.  Fugimos do mundo real nestes momentos de intimidade com as páginas.  Lembro quando estava me separando do meu marido, me jogava na leitura.  Me salvava nela, […]
Continue Reading
Acredito que a busca da felicidade é o maior desafio da vida!  Muitas coisas nos distraem… Por exemplo, ficamos muito tempo na frente das telinhas, isso não é surpresa… Mas vale a pena mudar?  Senti na pele que sim… Mudei poucas coisas e fiquei mais feliz!  Mas como? Acabo de ler no jornal (New York […]
Continue Reading
Como sempre, um texto que chega como uma flechada.   A nossa querida amiga do Salotto, Cris M. Zanferrari, autora também de outros lindos no seu blog Mania de Citação, nos traz uma forte analogia entre a idéia da maternidade e tudo que isto comporta, queira ou não que seja a mãe nos dar a dose […]
Continue Reading
Ontem fui a Florença para tomar um drinque com amigos e assistir o novo diretor da Galleria degli Uffizi, o Prof. Eike Schmidt, dar uma palestra. A tarde estava linda e aproveitei para tirar algumas fotos. Link ao post que fiz quando reabriram o lindo museu do Duomo é este AQUI. Algumas curiosidades… O centro […]
Continue Reading
Sempre achei que amar fosse algo lindo mas de certa forma egoísta.  A sensação de possessividade sendo o carro chefe neste raciocínio.  A monogamia vem de uma necessidade da sociedade em garantir que os bens materiais passem a um herdeiro da linhagem paterna, forçando assim a mulher a ter um par só.  Será essa, uma causa material e […]
Continue Reading