Dicas para tentar ser mais feliz…


Hoje falei a uma querida amiga do Snap que ela ama tanto aqueles ao seu redor que acaba esquecendo de se amar.  Pedi para ela desenhar um coração vermelho pequenino em algum lugar da mão que ela vê muito.  Ele serve para lembrá-la que cada vez que o ver, deve respirar fundo e se abraçar.  Se estiver sozinha de verdade, senão figurativamente… Vamos todos tentar?  Essa é a minha mão!

Acredito que a busca da felicidade é o maior desafio da vida!  Muitas coisas nos distraem…

Por exemplo, ficamos muito tempo na frente das telinhas, isso não é surpresa… Mas vale a pena mudar?  Senti na pele que sim… Mudei poucas coisas e fiquei mais feliz!  Mas como?

Acabo de ler no jornal (New York Times International Edition seção Well, por Petri Glass, M.D. 27 Jan 2017) um artigo ótimo e interessante, enquanto também óbvio.  Essa coisa que fazemos com crianças de pedir para tirarem os olhos das telinhas, deveria se estender a nós!

Na mesma página outro artigo conta como estudos indicam que se mexer ajuda a ser mais feliz. (Quem lembra da campanha “Mexa-se?!)   Bem, eu sou testemunha.  Desde que comecei a caminhar há 10 dias me sinto outra pessoa!  Bem não exaaaatamente assim, mas me sinto muito mais feliz.  Com as viagens e festas de fim de ano, abandonei o exercício.  De repente comecei a ficar meio triste.  Podem ter contribuído outros fatores também, mas hoje tenho certeza que parte foi o sedentarismo (existe essa palavra?  Mas acho que vocês me entenderam).

É algo que faço para mim, sozinha, respirando fundo, escutando música.  No início, não era assim. Gravava Lives no Instagram enquanto caminhava, mas percebi que atrapalhava a experiência.  Hoje tiro alguns Snaps e Instas, vídeo e fotos, mas o resto da hora que ando (5 km e 1 hora, tranquilo) é para mim!  Vocês não sabem quantas idéias surgem, como me sinto melhor e de quebra estou emagrecendo!! 😉

Outras regrinhas que o artigo pontua para aproveitarmos mais da vida fora da telinha são:

  • Na cama não levar o celular.  Se possível nem deixe ele na cabeceira (difícil, eu sei!)
  • Nas refeições.  Estou conscientemente deixando-o em outro ambiente.  Trocar idéias é uma das coisas mais preciosas da vida!
  • Ler.  Se conseguir ler um livro ótimo.  Ultimamente não consigo mais.  Mas quando se lê tire o som do celular ou o deixe longe.  Responder a comentários ou emails interrompe a concentração e a beleza do ler.  Eles podem esperar!
  • Ao ar livre.  Já expliquei acima, dar-se o tempo de pensar é imprescindível!
  • NO CARRO!!!  Além de ser ilegal e perigoso, o carro, antes dos celulares, foi o lugar onde tive algumas das conversas mais importantes com os meus filhos!

E para ilustrar um pouco este post, encontrei um artigo do grande fotógrafo Steve McCurry na BBC Culture online que tem a ver com o que estamos falando hoje.

Steve McCurry

Lembram dele?  Ele é famoso por esta foto icônica que foi capa da National Geographic em 1985

Lembram?…

Só de curiosidade… McCurry tentou encontrá-la nos anos 90 e não conseguiu.  Só em 2002 um time da National Geographic fez uma expedição para achá-la.  Ela se chama Sharbat Bibi e mora no Afeganistão.

Sharbat Bibi em 1984 e hoje

McCurry acaba de lançar um livro: On Reading: Steve McCurry

Do artigo:

“Os leitores são raramente solitários ou entediados, porque a leitura é um refúgio e uma iluminação”, escreve Paul Theroux no prefácio do novo livro de Phaidon Steve McCurry: On Reading. “Essa sabedoria às vezes é visível. Parece-me que há sempre algo luminoso no rosto de uma pessoa no ato de ler. “

Ao longo dos últimos 40 anos, ele acumulou uma coleção de imagens mostrando pessoas absorvidas na palavra impressa.

McCurry foi inspirado por um grande pioneiro húngaro. “Conheci o lendário fotógrafo André Kertész pouco depois de me mudar para Nova York”, diz Steve McCurry na introdução do livro. “Algumas de suas fotos mais intrigantes eram fotografias de pessoas lendo. Elas foram feitas ao longo de um período de 50 anos e coletadas em seu livro On Reading, publicado em 1971. “O novo livro de McCurry é, ele argumenta,” minha homenagem ao talento de Kertész, sua influência e seu gênio “.

Chiang Mai, Thailand, 2010

Myanmar, 1994

Umbria, Italy, 2012

Suri Tribe, Tulget, Omo Valley, Ethiopia, 2013

Rome, Italy, 1984

Kabul, Afghanistan, 2002

Kuwait, 1991

Kuwait, 1991

Sri Lanka, 1995

Real Gabinete Português de Leitura, Rio de Janeiro, Brazil, 2014

Fiz um post bem bonito sobre o Real Gabinete Português de Leitura no Rio AQUI

Kashmir, 1998

MKS Steelworks, Serbia, Yugoslavia, 1989

Mumbai, India, 1996

New York City, USA, 2015

Lembro quando chegou o momento do meu primeiro filho, Cosimo (hoje 23 anos), aprender a ler.  Entendi, ao ajudá-lo com seus primeiros exercícios de leitura, que a força da palavra, distribuída de forma tão simples sobre uma folha de papel, é enorme!!!   Isto nunca deve ser esquecido.  Nunca!  Especialmente agora…


Em tempo: Mais alguns posts que fiz sobre felicidade…

Ser feliz depois dos “enta” clique AQUI

Ser feliz em um país que não é o teu clique AQUI

Fórmula para a felicidade clique AQUI

Did you like this? Share it:

79 Comments

Andrea - Curitiba
Reply 27 de January de 2017

Grande Cons e seus excelentes pensamentos sobre a vida!! Bjs lindona mia.......

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Grazie! bacione! c

sheila campina
Reply 27 de January de 2017

Como me identifico com este artigo, sou uma viciada em livros e tenho uma sede de ler enorme....Realmente nunca estou sozinha, aquelas horas que passamos a ler estamos dentro da história! É mágico mesmo!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    É mágico! Às vezes tento entender como faço, e não consigo... só na hora! bjs c

Ana Laura Dimas de Freitas Rabelo
Reply 27 de January de 2017

Caminhadas são VIDA! Amo caminhadas, são minha fonte de renovação e também um bom livro.
O importante é a gente olhar de forma atenta para dentro e descobrir o que a gente gosta mesmo de fazer e o temos que conservar, e ao fazer curtir ao máximo!
Recentemente descobri que tomar sol, coisa que nunca gostei, também pode fazer um bem danado!
Nestas últimas férias, fiz algo que não fazia há anos.
Por uma dessas "surpresas"da vida mudamos o destino das férias para mais perto, pois não dava para ficar muito tempo fora, nem muito longe. Fui para praia com minha filha, já que o hubby não pôde ir.
Nunca gostei muito de praia, mas dessa vez, a necessidade de descansar era tanta, que resolvi curtir simplesmente.
Levei um livro que amei, e me sentava ali à beira mar, e simplesmente desfrutava do livro, do vento, da água, do barulho. Esqueci do sol, da areia, das exigências relacionadas com como se expor ao não ao sol, das exigências com o corpo, uma grande bobagem, e apenas curti com muita calma e gratidão aquela oportunidade que tive.
Foi sublime! Parece bobo, mas não foi.
Voltei renovada e MUITO feliz.
bjos,

    Andrea - Curitiba
    Reply 27 de January de 2017

    Que lindo depoimento, Sweet AL!!! Bjss

      Ana Laura Dimas de Freitas Rabelo
      Reply 28 de January de 2017

      Beijos, Andy!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Acho q chegamos a um ponto da vida que entendemos o que nos faz bem! E a oxigenação do oceano faz bem ao cérebro! bjs c

Karoline Fernandes
Reply 27 de January de 2017

E essa amiga era eu rsss. Hoje você me fez bem... Obrigada... Por ter me aconselhado no Snap... Obrigada... Vou desenhar todos os dias esse coração... e me lembrar de tudo que você me disse... Agora é a minha vez... Fazer acontece!!! Mais uma vez obrigada... Você é especial muito especial...

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Karol, conto contigo!! bjs c

Luciana de Oliveira
Reply 27 de January de 2017

Consu,
Amei este post!
Eu depois de muito tempo redescobri o prazer de pedalar, tenho feito isso nos fins de semana na praia e me dá uma sensação maravilhosa de paz e liberdade.
Vou começar a caminhar no parque em SP, esse ano resolvi cuidar mais de mim no quesito saúde, preciso voltar a fazer exercício como antes, me sinto mais feliz.
Agora quanto a ler, a minha amiga esse é meu vício! Aqui em casa eles dizem que fico surda quando abro um livro, e devo ficar mesmo pq mergulho na história, e quando é bom demais não consigo largar.
No momento estou lendo novamente os livros do Amyr Klink, meu ídolo máximo! O encorajamento que ganho quando leio um livro dele é incrível.
Que tal um post com fotos das caminhadas do salotto??
Bjssss

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Ah boa!! Gostei! me cobra mais pra frente! bjs c

Renata Di Pietro
Reply 27 de January de 2017

VEIO EM BOA HORA ESSE POST.
ADORO LER ,E ULTIMAMENTE SINTO SEMPRE
UMA URGENCIA PARA ALGO MAIS RAPIDO.
OBRIGADA, UM BJ

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    E então o que vc faz? bjs c

Katia Holanda
Reply 27 de January de 2017

Consuelo da vida 💞! Amei esse posto, estou passando também por esse processo de retomar hábitos saldáveis deixados de lado pela urgência de estar informada -redes sociais -, a leitura e um deles, sempre me sinto mais enpoderada com a leitura e olhar a beleza do dia a dia e muito gratificante , obrigada por compartilhar esses pensamentos tão particulares 💞 ! Vou fazer meu coração 💞

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Nossa q delícia poder ajudar! bjs c

Andrea - Curitiba
Reply 27 de January de 2017

Lendo tantos depoimentos lindos, tenho a contar que descobri uma tendinite cronica devido a tantos anos dancando, sapateando e pisando errado...os anos estao chegando e os ¨louros¨ estou colhendo agora.....infelizmente, para mim eh epoca de me recolher e cuidar da saude....Bjs a todas......

    Adrianne
    Reply 27 de January de 2017

    Recolha-se, com calma e cuidado, que vai passar.
    A vida tem fases e tempos, não adianta fugir deles.
    Torcendo por você!!!!

      Maria Vilma
      Reply 27 de January de 2017

      Andy, a Dri tem toda razão. O recolhimento é um excelente aliado para repousarmos os olhos sobre nós mesmos e sobre o mundo. Eu também estou na torcida para que tudo fique bem, querida!
      Um grande beijo!
      Um abraço apertado, Dri!

        Andrea - Curitiba
        Reply 28 de January de 2017

        Oh MAVI! Obrigada pelas palavras!bJSSS

      Andrea - Curitiba
      Reply 28 de January de 2017

      Ai lindona, super obrigada!! Bjsss

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Ai Andy! So sorry!!! Nos tenha informados! bjs c

      Andrea - Curitiba
      Reply 30 de January de 2017

      Obrigada Cons! Bjsss

Conceição
Reply 27 de January de 2017

Consuelo querida,

Que bom que você reatualizando o blog e optou pela consistência.

Confesso que havia te abandonado pois não me animava o estilo que vinhas adotando. Passado!

Tenho adorado os novos posts!

Agora me diga uma coisa: porque voce não consegue mais ler um livro? Quando perdeu esse encanto?

Bjs

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    O encanto que tanto amava... porque tudo na minha vida é tão corrido... leio tanto mas não encontro jeito e concentração para uma bela estória... mas sei q um dia voltarei a ter tempo!
    Primeiro tenho q escrever o meu!
    bjs
    c

Ana Luiza
Reply 27 de January de 2017

Texto inspirador, Consuelo. Acho q a internet vem mesmo roubando bastante do meu tempo...também não leio mais um livro, sem ânimo para ginástica, e até minhas séries já não vejo. A partir de hoje....vida nova! Começando um livro, amanhã caminhada, e fim de semana continuar a ver minhas séries paradas.
Na verdade é tudo uma questão de equilíbrio. Tudo a seu tempo e hora. Logo, vou sempre reservar um pouco para ler seu blog e ver seus snaps, que adoro!!
Obrigada Consuelo!! Bjs!!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Querida!! Funcionou? bjs c

Frederica
Reply 27 de January de 2017

Adorei o post, Consuelo! Interessante essa ligação entre a leitura e a sensação de felicidade. Realmente, quando lemos, paramos, estamos apenas a ler, focados, absorvidos. Sempre li muito e continuo a ler, mas é verdade que as solicitações dos dias de hoje são muito rápidas, instantâneas e isso pode distrair mais do que concentrar. E quando perdemos o foco ficamos à toa, à mercê de sensações desagradáveis. A ideia do coração desenhado na mão é maravilhosa, focar no que interessa! Beijos e obrigada por mais um post tão gostoso de se ler.

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    E sem criatividade quando não temos o famoso ócio criativo!! Obrigada! bjs c

Maria Vilma
Reply 27 de January de 2017

Que beleza e nobreza de tema que você nos traz, Consuelo! Um presente como todos os teus posts, sempre!
Quantas reflexões a serem produzidas a partir deste post...! Com quais mecanismos tecnológicos ou impressos em papel, com quais ideias, valores, nos ajustarmos para vivermos felizes...
Sou da opinião que através da leitura nos inquietamos, nos incomodamos, aprendemos... mudamos, crescemos. Para mim, é impossível compreender a vida e o mundo sem narrativas nossas e alheias, sem outros modos de ver, viver, pensar e sentir que só podem ser partilhados pela palavra.
Ler, sem dúvida, é um dos modos mais efetivos de encadear ideias e palavras. Mas aí entra uma questão crucial: o tempo, esta danosa condição contemporânea, não o temos mesmo. Mas quantas outras condições difíceis não se tornam impedimentos?
Quanto ao estarmos conectados o tempo todo... É o caso de nos indagarmos: o tempo encurtou ou somos levados a dispor dele de uma maneira que ele parece pouco para o muito que temos que fazer hoje em dia? Mas que muito é esse? Ler, escrever, ouvir, andar... cuidar de si estariam sendo encarados como atividades improdutivas, perda de tempo? Realmente há de se refletir.
Somos capazes de milhares de contatos rápidos, mas carecemos mesmo é de contatos mais demorados, base da verdadeira conexão com nós mesmos e com o mundo.
Obrigada e um grade abraço, Consuelo!
Boas reflexões, Salotto querido!!!
MaVi

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Refletiu e colocou muito bem!!obrigada MaVi! bjs c

Anna Monica
Reply 27 de January de 2017

Querida Consuelo!!!!
Fiquei pensando nas suas palavras e me lembrei das caminhadas que fazia no parque!!! Atualmente vou três vezes por semana à academia, cuido do meu corpo, mas nada se compara ao tempo das caminhadas. Era um tempo que eu tinha para pensar, colocar as idé
ias em dia, olhar para o horizonte nos leva a enxergar mais longe, a visualizar o futuro, nestes momentos organizava as minhas idéias( que não são poucas!!!!). Parei de caminhar por falta de tempo, por que quando vou à academia levo meus filhos para nadar, e aproveito para fazer uma atividade fisica. Mas nada se compara ao tempo da caminhada, quando estou sozinha, ouvindo os barulhos do parque, vendo as pessoas, gosto de observar as crianças, os velhos, as pessoas no parque!
Já retomei a leitura dos livros, hábito que havia perdido quando os filhos estavam bem pequenos!
Acredito que a caminhada e a leitura nos proporcionam momentos de imersão em si mesmo, de foco! Próximo objetivo : - menos telas , -volta às caminhadas!!!!
Ótimos conselhos de "Consuelho" kkkkk. Será que o nome Consuelo não tem a ver com conselheira????
Beijos

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Rsssss!! ADOREI!! Na verdade Consuelo significa consolação... rsss! bjs c

Márcia Cruz Gerges
Reply 27 de January de 2017

Olá Consuelo,
Realmente é maravilhoso caminhar diariamente assim como ler. Amo caminhar e até arrisco umas corridinhas, diariamente, e isto me faz muito bem. Me deixa mais desperta, sangue circulando a mil e idéias também. Quanto a leitura, amo ler na praia!!! Fico sentada, tomando minha vitamina D e também uma caipirinha, é claro!!! Me desligo do mundo na leitura e depois tomo aquele banho de mar gostoso. Em casa também leio, mas sempre aparece alguma coisa e a leitura é muito interrompida. Desenvolvi em meus filhos o hábito da leitura e eles, mesmo na faixa de 30 anos, adoram o livro físico. Ir numa livraria, sentar, escolher um bom livro e tomar um cafezinho... é muito bom. Isto nos traz felicidades!!!! Um grande abraço.

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Parabéns!! bjs c

Lylia
Reply 27 de January de 2017

Muito prazer conhecê-la , Consuelo! Estou encantada com seu blog e as "dicas ' de hoje são muitas das que procuro por em prática. Caminhar, inclusive, é uma delas. Ler, então nem se fala...Que maravilhas de fotos!
Parabéns por seu blog!
Lylia

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Lindas demais estas votos! Valiam ser compartilhadas! bjs c

Mia Athayde
Reply 27 de January de 2017

Como é bom ter esses papos, ponderar ideias, ouvir reflexões e .... tomar algumas atitudes!!!!
ADOREI teu texto no blog hoje!
Adorei te ver feliz !!!!!
Adorei ver vc inspirando e instigando pessoas :))
Parabéns e muitooooo obrigada !
Acho que vou me distanciar um pouquinho mais do celular .... tem gente por aqui que vai gostar !!!!!
bjssss e um ótimo fim de semana a todosssssss !

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Tenho certeza!! bjs c

Lisandra
Reply 27 de January de 2017

Consuelo,
já te acompanho ha algum tempo, sempre no blog, pois escolhi não ter rede social.
O motivo de acompanhá-la, é poder acessar um mundo onde há mais sofisticação, mas através de seu filtro de inteligencia e humanidade, que não contempla ostentação.
È claro que me interesso por moda, gastronomia, viagem, cultura, arquitetura, senão não te seguiria sempre, mas o post de hoje ,sobre temas muito mais prosaicos como a simplicidade de desfrutar uma boa caminhada, um livro interessante, e o cercar-se da natureza, curiosamente, foi o que me motivou a escrever pela primeira vez.
O tema de hoje, embora não usual, me fez refletir sobre como tais atividades, tão simples e tão acessíveis realmente trazem a felicidade a qualquer um de nós, principalmente em tempos difíceis.
Vou citar uma definição de luxo, que li certa vez, atribuída a Clodovil Hernandez:"Luxo é o SIMPLES e o REQUINTE de um vaso chinês".
Acho que esta é uma definição que se aproxima muito da maneira a qual eu enxergo seu trabalho aqui no blog : transmite essa sensação de simplicidade e requinte juntos, em harmonia. É o que eu considero um luxo.
Parabéns por nos presentear com seu trabalho
Lisandra

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Lisandra! Q lindas palavras! Acho Clodovil uma pessoa muito inteligente que dá grandes conselhos! Adorava assistí-lo naquele programa, como se chamava? Na tv de dia... tinha até a Marta Suplicy!! Procurei no Google... TV Mulher!! Era ótimo!! bjsc

Maria Araci d' Avila
Reply 27 de January de 2017

Esta postagem me fez pensaaaaaaaar!!!! Acho que vou desenhar vários coraçōes para me lembrar de me amar!!!!! Ando meio borocochô, nenhuma dedicação a mim mesma, sem tempo para ler, grudada nas telinhas!!!!! Por que será que a gente se sabota??? Consuelo: tu mexeste comigo!!!!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    MA!!!! É uma tentação, normal! Legal é entender e mudar!! Bjs

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Sempre digo que somos nossos piores inimigos... bjs c

Gloria Jane Melo
Reply 27 de January de 2017

Olá Consu e saloto!
Nasci no interior.da Paraíba. Minha adolescência foi povoada de livros e bons filmes. Eles ajudaram a tecer o que sou hoje, mostrando- m modelos de honestidade, ética e exemplos de persistência. Hoje luto contra o tempo excessivo gasto na internet, a informação rápida mas muitas vezes sem consistencia. Um psiquiatra brasileiro já identificou uma nova síndrome que denominou síndrome do pensamento acelerado que é justamente o que a internet nos proporciona: acelerar o pensamento; abrimos uma página e mal lemos já pulamos para outra. Também já é de conhecimwnto dos neurologistas o que reveber um "curtir" faz com nosso cerebro: libera serotonina, o hormonio da felicidade, por isso as redes sociais viciam. Figurinhas fofinhas de animais e flores também dao este relaxamento passageiro. Mas tudo isto pra dizer que nada se compara a viagem que fazemos com a leitura.
Ótimo post! Para ser feliz é preciso ter coragem!!!!!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Q lindo isto Gloria!! Para ser feliz é preciso ter coragem! AMEI!! Afinal, já dizia Guimarães Rosa: "O que [a vida] quer da gente é coragem"
    bjs c

    Gloria jane melo
    Reply 30 de January de 2017

    Costumo dizer que até para sevdivertir é preciso ter coragem. Sair da zona de conforto de nossa casa, nossa cama, se aventurar pela noite de nossas cidades tão pouco seguras, se vestir, penyear, maquiar...tudo dá trabalho, e põe a ris os. Mas viver é perigoso! Vale a pena emfrentar o perivo e ser feliz!!!!💗💗💗💗

      Gloriajanemelo
      Reply 30 de January de 2017

      Escrevendo deitada e com soni
      Saiu tudo errado!🙈🙈🙈

      consueloblog
      Reply 30 de January de 2017

      Rssss! Saiu errado, mas deu para entender bem! bjs c

Teresa
Reply 27 de January de 2017

Sem dúvida, um alerta! As máquinas (grandes e pequenas) devem nos servir e não nós servirmos a elas!!! Nada se compara ao vento no rosto numa caminhada ou pedalada! Eu moro num lugar tranquilo, então ando sem música e sem celular, ouvindo o som da rua e cumprimentando as pessoas, ainda que algumas não respondam (f... them!). Livro então, grande companheiro! Leio mais no fds mas durante a semana olho pra ele e a história tá lá parada, me esperando pra continuar! A Yoga ensina a buscarmos o "estado de consciência", estar presente naquilo que fazemos, enquanto aqui no ocidente estamos sempre fazendo uma coisa e pensando em outras tantas, será que precisa mesmo??? Bjos!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Será?!! Boa pergunta! bjs c

Marcela
Reply 27 de January de 2017

Adorei o post. Super bem feito. Obrigada!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Q bacana q gostou! bjs c

Nathalia Giani
Reply 28 de January de 2017

Lindo texto Consuelo! Queria saber escrever bonito assim, abrindo o coração, e transmitir aos que leem e altamente isso. Lindo!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Que gentil! REalmente abro o coração! bjs c

Marina Di Lullo
Reply 28 de January de 2017

Consu, que bom que está mais feliz, com as caminhadas e todo bem estar que vem delas!! O virtual está acelerado, cabe a nós lhe darmos os limites. Somos seres que precisam de contato visual, tátil, ouvir a voz, mensagens escritas não bastam. Nada melhor do que ir ao jornaleiro e conhecê-lo, comprar o jornal e algo mais,sentir o papel. Ir à livraria e levar nossos filhos, cada um com seus interesses literários (ou de várias mídias), nos encontramos daqui a pouco, perto do sofá, para contarmos um ao outro o que encontramos. Momentos prosaicos, feitos de movimento e de trocas.
Adorei as reflexões, obrigada querida!
Baci,
Marina

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Trocas é a essência destas nossas vidas! Em todas as dimensões!... bjs c

Cristiane Koehler
Reply 28 de January de 2017

Oi Consu, tu sabes que quando li teu post sobre o sumiço pensei:"como é para a família da Consuelo tê-la filmando e postando tudo sobre sua vida íntima, além da vida profissional?" No início é novidade mas depois deve tornar-se cansativo. E penso que é isso que sentes. Parabéns pela decisão de partilhar menos posts e optar por sair um pouco da frente das telinhas. Abração. Te sigo e gosto muito da tua originalidade.

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Obrigada Cris querida! bjs c

Léia Freisleben
Reply 28 de January de 2017

Woi Consuelo! Adorei o formato novo do blog e este, está maravilhoso! Beijos.

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Obrigada! bjs c

Viviane Marques
Reply 29 de January de 2017

Excelente post!!!!! Será que sabemos o que é felicidade, ou será que buscamos por algo que imaginamos ser ela???? Devemos sim, buscar todos os recursos que nos traga bem estar, mas não devemos nos esquecer que a felicidade está dentro de nós, está nas pequenas coisas e nos grandes momentos que cultivamos, ela está naquilo que nos dá prazer, em um abraço apertado, em um sorriso sincero, na poesia, no colorido das flores e do arco-íris, coisas que muitas vezes a tecnologia e a famosa falta de tempo não nos deixa enxergar. Acho que precisamos parar de buscar o que precisamos apenas sentir com o coração, tatuado nas mãos. Love U!!!!!!!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    É o agora!! Luv u too!! bjs c

Marina
Reply 29 de January de 2017

Consuelo, que bonito post. O coração é mesmo o refúgio para a nossa mente agitada.
E por falar em livros e no coração, tenho na minha mesa de cabeçeira o livro, Eat, Pray, Love de Elizabeth Gilbert, que li num período de maior fragilidade e que me encantou pela qualidade da escrita e pela profundidade emocional. A autora escreve:
“The resting place of the mind is the heart. The only thing the mind hears all day is clanging bells and noise and argument, and all it wants is quietude. The only place the mind will ever find peace is inside the silence of the heart. That's where you need to go.”
Também concordo que as caminhadas, são uma excelente forma de libertar a mente e olhar para dentro de nós (<3 ) e que ajuda muito a colocar as coisas em perspectiva e ainda a ficar em forma, claro. Preciso retomar as minhas caminhadas urgente! :) Obrigada pela motivação!!
Beijos,
Marina

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    E vai se colocar em sintonia com o silence of the heart! Lindo! bjs c

Ana Abate
Reply 30 de January de 2017

Quase quatro da matina, eu aqui sem dormir, preocupada com um monte de coisas e me deparo com esse post lindo cheio de inspirações!
Parece que vc está entrando numa nova fase e está numa busca muito bacana para dentro de si mesma... bjs querida!

    consueloblog
    Reply 30 de January de 2017

    Acho q sim Ana, vc me conhece bem! bjs c

Maria Salete Floeter
Reply 31 de January de 2017

Incrível! Cheguei de uma caminhada deliciosa e eis que me deparo com o texto da Consu. Concordo plenamente que na caminhada você reflete sobre tantas coisas que de outra forma não seria capaz.
Caminhar por ruas floridas, no meu caso, me refaz.
Beijo Consu e amigos do Saloto

    consueloblog
    Reply 1 de February de 2017

    Q delícia! Aqui chove e estou resfriada... morrendo de saudades das minhas caminhadas!! bjs c

Claudia Del Rio
Reply 1 de February de 2017

...Acordada desde as 4h , pois minha cachorrinha não está bem. Ela dormiu, e eu, que "perdi" o sono, aproveitei para ler os dois últimos posts ( Red Carpet e Tentar ser Feliz ). Muito bons ! Looks para todos os gostos, pena que não para todos os bolsos , mas lindos, e outros , concordei com vc, tb não gostei. Quanto ao Tentar ser Feliz, adorei a dica de desenhar um coração na mão..., vou usar no consultório , que tb ajuda a trabalhar auto estima ou seja, tudo relacionado a felicidade e amor . Nada de encontrar o sono ... mas, tudo bem !!! Há coisas no mundo muito, muito piores não é medmo?! Ótimo dia a a todos !!!! Bjs querida Consuelo !

    consueloblog
    Reply 1 de February de 2017

    Egoisticamente gostei q vc perdeu o sono e pode passar por aqui. Por favor nos conte como funcionou o coração na mão! Obrigada e bjs c

Carolina Sodré
Reply 2 de February de 2017

Consuelo, querida!
Faz pouco que descobri você. E que descoberta! Adoro seu jeito simples e muito elegante de abordar os mais diversos assuntos. Adoro acompanhá-la no insta. Quantas boas reflexões você nos traz!
Confesso que este ano me assaltou uma vontade enorme de resgatar alguns pontos importantes que, em algum momento, deixei para trás. A leitura, o tempo consigo são alguns. Respirar com consciência, afinal nem isso mais fazemos direito.
Percebi, também, que preciso ter tempo de qualidade com meus bons amigos. Não saídas sempre com várias pessoas ou conversas pelo whats ou face, mas verdadeiramente ficar junto, falar da vida, do que nos aflige. Tomar um cafe com calma, em casa mesmo, ficar à toa com eles falando da vida.
Mas em tempos tão corridos até esses momentos precisam ser agendados kkkkk ontem mesmo já marquei um encontro com um querido amigo no feriado de Carnaval kkkkk
Percebi que ficou feliz e confessou que sente falta de um ombro amigo!
Enfim, que possamos resgatar nossa essência, dar-nos o tempo que merecemos e, assim, sermos mais felizes.
Um grde bj.

    consueloblog
    Reply 2 de February de 2017

    Olá Carolina! Que delícia o jeito que vc escreve!! O que faz na vida (se posso perguntar! Senão finge que não leu! ;-) )
    Pela reação a este e outros posts, reparo que muitas de nós estamos sentindo esta necessidade! Ainda bem! Voltar um pouco a o que nos faz feliz! Volte mais aqui pelos comentários, ok?
    bjs
    c

      CAROLINA SODRÉ
      Reply 3 de February de 2017

      Claro que pode perguntar kkkkk, mas acho que vou te decepcionar. Tenho uma vida nada glamourosa kkkk. Sou formada em Direito e Assessora Jurídica do Ministério Público do Estado do Paraná. Bem normal, né?!
      Querida, compartilho que hoje faço 44 anossssss, mas confesso que queria estar completando 45 para ficar fora da Reforma da Previdência kkkkkk.
      Muitos bjs

        consueloblog
        Reply 3 de February de 2017

        Como pode ser normal?!! Primeiro é a TUA vida, e isso já é lindo. Segundo, vc tem o potencial de melhorar a vida de tanta gente!! Isso é tão bacana!!
        E Parabéns!!! Adoro o número 4!! Se foi assim tem uma razão! Talvez o mundo do trabalho precise mais de você do que vc pensa!...
        bjs
        c

          Carolina Sodré
          20 de February de 2017

          Consu, preciso dizer que essa sua reflexão me ajudou muito! Obrigada! É importante enxergamos sob outros ângulos. Bjs

          consueloblog
          22 de February de 2017

          sempre! bjs c

Sandra
Reply 18 de June de 2017

Perfeito! Ler transfigura o rosto e a alma.

    consueloblog
    Reply 19 de June de 2017

    Realmente!!!! bjs c

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *