Continuamos com o B de Brasilidade… Costanza e Marilu!!

c&m_flyer_01_SCostanza e Marilu, as damas do contemporâneo, continuam nos surpreendendo com suas verdades nuas, cruas e extremamente simples!!   Hoje é a vez do B de Brasilidade!!

Did you like this? Share it:
This entry was posted in Costanza Pascolato and tagged , . Bookmark the permalink.

30 Responses to Continuamos com o B de Brasilidade… Costanza e Marilu!!

  1. vera says:

    Ótimos esses tête-à-tête.
    Duas personalidades antagônicas: uma mais clássica e regrada, outra mais livre e espontânea. Talvez por isso sejam tão amigas: elas se completam.
    Boa Páscoa a todos, com deliciosos chocolates!

  2. marisa sampaio de almeida says:

    Como é bom escutar “pessoas” que possuem coisas interessantes a dizer…

  3. Denise Luna says:

    Que delícia esse papo tão sensato e gostoso. Como professora de inglês, concordo com a Costanza sobre a modernidade e a simplicidade da língua. Também gostei muito da reflexão sobre o “quebra galhismo brasileiro”, que tem algo de muito positivo e criativo.
    Adorei.

    • consueloblog says:

      Outra é o jogo de cintura, intrínseco a qualquer brasileiro, que nos salva em tantas situações…é uma flexibilidade mental!! bjs c

      • Denise Luna says:

        Concordo plenamente, nós somos um povo “safo” o que nos mata e a “lei de Gerson ” e os nossos políticos corruptos.

  4. lili says:

    A-D-O-R-O Espero ansiosamente pelos próximos episódios. Essas duas são um deleite, uma ilha de sabedoria num mar de tolices que somos obrigados a ouvir todos os dias nesse país.

  5. Andrea - Curitiba says:

    Eu tambem aguardo ansiosa pelos videos! Ouco com atencao cada palavra que estas duas maravilhosas dizem!! Bjs………..

  6. Estou adorando o projeto! Só acho que os vídeos são muito curtos, fico sempre querendo mais. Acabo vendo os anteriores novamente, rs. Estou conhecendo uma Costanza diferente, forte mas ao mesmo tempo doce, delicada e suave. Marilu, que não conhecia, é genial!

  7. Maria Vilma says:

    Quando vejo esses vídeos… ouço os diálogos de Marilu e Costanza fico sempre com
    a sensação de amplidão: a luz dessas duas, não poderia mesmo ser limitada por
    fronteiras ou línguas… Ainda bem, que o universo as trouxe para o Brasil…
    Sorte nossa!
    Beijos, MaVi

    • Ritinha Medina says:

      MaViiiiiiiiiii, minha querida,
      Pensei exatamente a mesma coisa.
      Que maravilha ter essa duas ‘estrangeiras’ do Balacobaco assim tão pertinho de nós!!!
      E ainda por cima nos lembrando de nossas qualidades que, em tempos bicudos, ficam tão empalidecidas…
      Bjkas,

      • Maria Vilma says:

        Minha querida Ritoka, compreendo e concordo com vc!!!
        É uma massagem que nos fazem ao ego… em momentos
        agudos… Devíamos cruzar com pessoas assim todos os dias…!
        Obrigada pelo seu imenso carinho…fico sem palavras…um magnífico e abençoado fim de semana para vc, amiga!!!
        MaVi

        • consueloblog says:

          MaVi e Ritoka, temos que agradecer a Asas da Imaginação por este presente Essencial às nossas vidas!! 2 vezes por semana!! bjs c

          • Maria Vilma says:

            Agradecemos mesmo, Consuelo: a Asas
            da Imaginação e todo equipe, a Mônica, a
            Costanza & Marilu… e a vc, que juntos encontraram essa maneira original e bacana
            de tornar a vida cada vez mais alegremente imprevisível. Muito Obrigada!
            Beijos! MaVi

          • consueloblog says:

            Lindo MaVi! bjs c

  8. Cassiano Lopes says:

    Desisti das séries e afins! Agora sou “viciado” em Costanza & Marilu! Costanzilu! Maritanza! Adorando cada capítulo! Bjocas a todos e bom feriado!!!

  9. Niéde Stefani da Costa says:

    Concordo com todos os comentários feitos.Tudo junto misturado e ótimo!
    Cassiano,estou como vc,que séries que nada.Costanzilu & Maritanza.
    Também fico no aguardo do próximo.
    Bjo amoroso a todos

  10. Antonia says:

    Adorei o episódio de hoje. Muito interessante ouvir o depoimento e perceber o olhar #das estrangeiras # sobre o Brasil.
    Este assunto me pareceu extremamente familiar e identifiquei muita semelhança com a história de minha casa, uma vez que meu pai era argentino. Ele falava igualzinho a Marilu e quando alguém lhe respondia em espanhol, ele retrucava dizendo : Por que isso agora ? estou falando português ! Mas o sotaque em espanhol era indiscutível e ele nunca perdeu… até o fim da vida.
    Porém, gostava do Brasil e dizia sempre algo semelhante ao que Marilu comentou; isto é, no estilo de que sua Pátria é onde você ganha sua vida.
    Quando ocorriam jogos de futebol entre Argentina e Brasil, que tem uma rivalidade terrível, ele torcia pelo Brasil !!
    Nossa terra como bem explicou a Costanza é de uma afabilidade enorme e todos aqui são bem recebidos !!Cada um leva a vida que quer e da maneira que bem entende.
    Há os que queiram absorver o jeitinho e outros, que o considerem abominável.
    Meu pai era assim. Gostava do Brasil, mas essa ginga, jeitinho e quebra galhismo ele nunca incorporou.
    Enfim, sejam argentinos puros, italianos puros, americanos puros ou todos já meio mixados com nossa terrinha, aqui serão bem recebidos. Haja hospitalidade!!

  11. ivani weffort says:

    Desde a trilha sonora escolhida tudo é muito bem feito e elas dão um show em tempos de pessoas que não sabem se expressar claramente. Costanza!!! Marilu …. que show que vocês são em ideias, em sentimentos!!!!! em lições de vida!!!!!

  12. Rita Branco says:

    tô adorando estes episódios!! que delícia! bjs!

  13. Eduarda says:

    O ritmo mais lento e menos entrecortado do episódio de hoje permitiu entrar mais na sala/conversa delas. Adorei!

  14. Jovita Agra says:

    Mais uma viciada pelo “Constanza & Marilu” no time do Salotto. Morro de rir com as tiradas de Marilu, ela é show.
    Uma feliz Páscoa a todos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>